REVELAÇÃO[kanodgaluth/Gilyahna]

 

ÍNDICE   -  HOME

Curso: As Revelações do Apocalipse - I

Lição 26 - ...e Têm a Fé do Messias (B)

INTRODUÇÃO - Cadastro

1 - O Apocalipse, um Livro Aberto

2 - O Personagem Central do Apocalipse

3 - O Grande Traidor Desmascarado

4 - As Boas Novas do Apocalipse

5 - As Sete Cartas do Apocalipse

6 - O Apocalipse Diz que Yaohushua Voltará

7 - A Prisão de satanás no Abismo

8 - As  Promessas do Apocalipse

9 - Os Sete Selos do Apocalipse

10 - O Selo do ETERNO no Apocalipse

11 - Por que se observa o Domingo

12 - O Apocalipse Revela o Segredo da Morte

13 - O Apocalipse Fala de um Santuário

14 - Chegou a Hora do Seu Juízo

15 - A Profecia que Revela a Hora do Juízo

16 - O Apocalipse, Visões e Profetas

17 - Uma Mulher Vestida de Sol

18 - A Besta do Apocalipse 13 e o 666

19 - A Marca da Besta e a União das Igrejas

20 - Quando o ETERNO de Amor Castiga

21 - O Ministério da Grande Meretriz

22 - Quem Habitará na Santa Cidade

23 - As Duas Testemunhas e os 3 Anjos

24 - O Soar da Sétima Trombeta

25 - ...e Têm a Fé de Yaohushua - I

26 - ...e Têm a Fé de Yaohushua - II

CLIC AQUI para uma Versão de Impressão do Curso Completo ou Siga On-Line

 
 

RESPONDA as perguntas a seguir e nos envie por e-mail [SELECIONE E COLE EM UM DOC (WORD), DEPOIS NOS ENVIE] para receber as demais lições ou continue on-line...

A Escritura fala da fé em mais de um sentido. Por exemplo, refere-se a essa confiança em Cristo e em Seus méritos, a qual nos permite receber a salvação (Rm 1:17; 3:24 e 25; 5:1 e 2) e  também fala da fé como doutrina (Fl 1:27). Ambas as coisas, contudo, estão interligadas e provém do ETERNO. “E assim, a fé vem pela pregação. E a pregação pela palavra de Cristo” (Rm 10:17). Ou seja, a fé como doutrina deve vir da Palavra do ETERNO, e esta nutre a confiança que nos permite receber a salvação.

Por isto é que Paulo/Sha’ul enfatiza que a nossa fé não se apóia “em sabedoria humana” (I Co 20:5). Também revela que “o espírito (o CRIADOR, em espírito onipresente) afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios” (I Tm 4:1), o que desviaria alguns da fé (I Tm 6:21). Neste contexto fica mais claro por que o Apocalipse, contrastando a apostasia de Babilônia, fala dos “santos” que guardam os mandamentos – você pretende ser um destes santos? – do ETERNO e tem a Fé do Messias  (Ap 14:12). Esta é a “fé que uma vez por todas foi entregue aos santos” – Jd 3.

A única expressão doutrinária válida para o cristianismo (Ef 4:5) é a que está escrita nas Sagradas Letras (Fl 1:27; II Tm 3:15-17). O ensino bíblico diz que devemos manter essa doutrina, defendê-la; perseverar nela (I Co 16:13; II Co 13:5: Cl 1:20), repreender os que dela se apartarem para que permaneça a doutrina (Tt 1:13), como fizeram os apóstolos (II Tm 4:7). É a fé da doutrina do Messias (Ap 14:12) que se encontra na Escritura e que não deve ser buscada na tradição nem em placas de denominações, todas, concorrentes à Igreja que o próprio Cristo fundou (Mt 15:3; 7:6 e 7; Gl 1:6-9; Jo 20:30 e 31).

No tema anterior (A) iniciamos a análise das doutrinas fundamentais que compõe esta fé. Neste estudo nos propomos a completar o estudo mencionado...

8 – O Remanescente Fiel Deve Proclamar a Mensagem dos Três Anjos do Ap 14:6-12.

O primeiro anjo tinha “um evangelho eterno para pregar aos que se assentam sobre a terra, e a cada nação, e tribo, e língua e povo” (Ap 14:6) e começaria a pregá-lo na época em que “vinda é a hora do Seu juízo” (Ap 14:7). A obra do juízo de selamento começou quando Cristo, nosso sumo-sacerdote, algum tempo depois de ascender aos céus e ficar à direita do Pai (Atos 7:55; Ap 3:21). Este juízo começou em 34 d.Y., ao finalizar a profecia dos 2.300 dias de Dn 8:14. O Juízo de selamento – separação do trigo, do joio; das virgens néscias, das prudentes; dos bodes, dos cabritos (o selamento do cap 7 de Apocalipse) – terminará com o encerramento do Tempo da Graça (Hb 4:14; 18:1 e 2; Lv 16:2, 29; Hb 9:23 e 24; Dn 8:14; 9:25-27; Ap 14:6 e 7; 22:11). Esta mensagem admoesta a adorar ao ETERNO como ordena o mandamento do sábado (Ap 14:7; Ex 20:8-11; Gn 2:1-3).

A segunda mensagem angélica anuncia a queda de Babilônia em apostasia, e o efeito trágico de suas doutrinas adúlteras (falsas) sobre a humanidade, sendo a mais nefasta, a doutrina pagã da trindade que disvirtua a obra redentora do ETERNO, através de Seu Filho unigênito, o Messias (Ap 14:8; 18:4).

NOTA: Segundo o conceito pagão da trindade, Cristo seria uma SEGUNDA pessoa (DEUS) com todos os atributos divinos do Pai... Isto confronta com as Escrituras em primeiro lugar com o atributo ETERNIDADE. Sendo que, o Messias tem origem no pai (Pv 8:21-30) não podemos dizer que Ele seja co-eterno; no entanto, como TUDO foi feito por Ele (Jo 1:3), Ele é anterior a tudo, e a eternidade sendo um conceito temporal, podemos assim dizer que Ele inclusive, criou o tempo... O TEMPO (Gn 1:16-18) pois, na onisciencia divina, este foi nescessário para poder se delimitar o pecado. Uma vez tudo terminado, o TEMPO deixará de existir e voltaremos a ser eternos (Gn 3:22-24)... Outros conceitos nos indicam que o Messias é diferente do Pai (em atributos) uma vez que as Escrituras afirmam que o ETERNO não pode ser tentado (Tg 1:13) e Cristo o foi; o Pai é imortal (I Tm 6:16) e Cristo verdadeiramente morreu na cruz e precisou que o Pai O ressucitasse... Além de que, Ele, nos declarou que nem tudo esta sob sua VONTADE (Mt 24:36). Além disto, Sua concepção foi caranal (Entre José/Yaohu’saf e Maria/Maoro’hém). Se assim não fosse, o nosso Messias seria diferente do ser humano e não nos serveria de exemplo – Jo 16:33; Ap 3:21 (Fl 2:6-8 cf. Hb 10:5 – Gl 4:4).

A terceira mensagem deixa em evidência dois importantes fatos que devem se pregados: o terrível castigo que receberão os adoradores da besta e de sua imagem, e que receberem seu sinal (Ap 14:9-11) e nos dá a identidade do remanescente fiel:

“Os que __________________ os ____________________ de ___________ e têm a ________ de _______________ “. Ap 14:12.

9 – Como Administradores de uma Vida que Pertence ao ETERNO, os Cristãos cuidam de sua Saúde!

A Escritura ensina que somos do ETERNO por direito de criação e por direito de redenção [pois quando estávamos perdidos no pecado, Ele nos comprou com o sangue do Messias, adotando-nos como Seus filhos (Is 43:1; I Co 6:20)]. O corpo é o templo do ETERNO, em espírito, inclusive de Seu Filho, o Messias (Jo 14:23; Ap 3:20), pelo que deve ser respeitado – mantendo-o incontaminado – e tratado, evitando-se o uso do que é prejudicial e abstendo-se de todo alimento imundo (Lv 16 11; 19:26; Atos 15:20); do uso, fabricação e ou venda – o que não é bom para mim, não é bom, para o meu irmão – de bebidas alcoólicas, excitantes (café, chocolate, chá preto, etc); fumo em todas as suas formas e do abuso ou mau uso de narcóticos e outras drogas; Muitas, assim como o café, foram criadas pelO ETERNO, como remédios e não como alimentos (I Co 3:16 e 17; 6:19 e 20; 9:25; 10:31; II Co 7:1; Gl 5:17-21; 6:7 e 8; I Pe 2:9-12; I Co 10:1-10).

Acaso não sabeis que o vosso _________ é o _________ do espírito _____________ que _________ em ________ , o qual tendes da parte de ___________ e que ______ _________ ______ ________ ______________ ?” (I Co 6:19).

10. O CRIADOR concedeu o Espírito da Profecia – as Escrituras - ao Remanescente Fiel. Apocalipse 12:17 diz que uma das características ou sinais distintivos do remanescente fiel seria o Testemunho do Messias e em Apocalipse 19:10 se torna claro que este Testemunho é o espírito da Profecia (o espírito do Messias – a Profecia – falando ao homem, quando necessário, conforme I Co 12:1-28; 1:5-7; Ap 12:17; 19:10; Am 3:7; Os 12:10, 13 - Veja também At 2:17 e 18 conforme Jl 3:28). Este dom (Palavra) está nas Escrituras que testificam dEle! Jo 5:39. Assim, é dElas que aprendemos dEle!

__________ no ETERNO vosso CRIADOR, e estareis seguros: __________ nos Seus __________ e _________________ II Cro 20:20.

11 – Sendo que o Cristão Foi Chamado pelo CRIADOR Para Viver Uma Vida de Santidade (Ef 1:4), Deve Apartar-se dos Costumes e Práticas que Não se Harmonizam Com sua Elevada Vocação Eternal e, principalmente, afastar-se de Babilônia; sair do Egito (Ap 18:4).

Por isto faz voto de simplicidade e decoro em seu vestuário, evitando os adornos supérfluos que não expressam a modéstia cristã, tais como brincos, anéis, pinturas (I Tm 2:9, 10). Note-se a desaprovação do ETERNO pela vaidade: Is 4:16-24, II Pe 3:1-5. A roupa deve ser decorosa (I Tm 2:9) e feminina para a mulher e varonil para o homem (Dt 22:15). Leia I Co 11:14-15.

Quanto às diversões, o cristão se abstém de espetáculos que estimulem a desobediência à Lei do ETERNO ou que maculem sua mente. Por isto se abstém de ir ao cinema e ao teatro (quando não moralmente seguro) e é muito cuidadoso com o que vê na televisão ou Internet. Também não pratica os jogos de azar por dinheiro, assim como baralhos e outros jogos que estimulem a competição ou a sensualidade (bailes), etc. Rm 12:1 e 2; Fl 4:8; Tg 4:4; II Tm 2:19-22; Ef 5:8-11; Cl 3:5-10. Em vez disto, desfruta das recreações sadias que fortalecem sua alegria de viver (e foge das redes sociais).

O cristão evita o que tem a ver com vícios, pornografia e práticas contrária à moral (Tt 2:12 e 13; I Ts 4:2-8). Por isso a vida matrimonial do cristão deve ser ordenada, legal e limpa, baseada no amor e respeito (Ef 5:23-35). Crê, portanto, que o matrimônio é por todo o sempre. A única causa de divórcio e novo casamento é quando o vínculo matrimonial é rompido por infidelidade (Mt 19:3-9). Aqueles que desejam casar-se, procurem pessoas de mesma fé (Cl 3:18; Mt 19:9; II Co 6:14).

O cristão é chamado a “dar” testemunho de sua fé por meio de uma conduta honrada e saudável em seu trato para com a comunidade (Sl 15:1-5; Rm 12:21).

Assim como nos escolheu nEle antes da fundação do mundo, para _____________ e _____________________ perante Ele” Ef 1:4.

12 – O CRIADOR Estabeleceu Sua Igreja na Terra, da Qual Ficou um Remanescente Fiel (Mt 16:18).

A igreja verdadeira tem como fundamento básico o MESSIAS (Atos 4:11), I Co 10:4; II Co 3:11; I Pe 2:3-8) o qual é o Cabeça (Ef 4:15; 1:20-22; Cl 1:18). Está edificada sobre a doutrina que o Messias revelou a Seus apóstolos (Ex: Ap 1:1 e 2; I Pe 1:10 e 11; Ap 22:6; Ef 2:20-22). Assim como os judaicos, por não permanecerem na doutrina, deixaram, momentaneamente,  de participar da igreja de Cristo (II Jo 9; Rm 11:11-22) corremos tal risco (I Co 10:12). Devemos, portanto, procurar participar da Verdadeira Igreja que ele fundou (Mt 16:18) e foi-nos revelado que desta “ficou um remanescente escolhido pela graça” (Rm 11:5). Veja que durante toda a história do relacionamento do ETERNO com sua criatura, sempre houve um remanescente que preservou o seu contato com Ele... O Apocalipse revela-nos quais são as características distintas deste remanescente fiel:

“... os que ______________ os ______________ de _________ e sustentam o _____________ de _________ “ Ap 12:17. “Aqui está a perseverança dos Santos, os que _______________ os _______________ de _________ e a ________ de ____________ “ Ap 14:12 (cf Ap 19:10).

A Igreja messiânica-judaica é o remanescente fiel, pois possui essas características e todas as demais ensinadas na Escritura. Ela tem uma organização definida, como ensina a Escritura (I Co 14:33, 40; Ef 4:10-13; Tt 1:5-9; Mt 18:15-18; At 6:1-7; I Tm 3:1-13).

O remanescente fiel, no entato, rejeita conceitos judaizantes e componentes advindos do paganismo tais como o kipá (não rejeitando o uso do véu – I Co 11:4-5) e necessita de organização [devidamente estabelecida – Mc 12:17] para cumprir a missão que Cristo lhe deixou (Ap 10:11; Mc 16:15 e 16). Deveríamos apoiá-la e contribuir com nossas ofertas (II Co 9:7) para a sua manutenção (I Co 9:9); como diz a Escritura: “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes façamos admoestações, e tanto mais quanto vedes que o dia se aproxima” Hb 10:25.

13 – O que é:  O Nascido de Novo se Une ao Messias e com a Sua Igreja [Kehiláh] por Meio da Verdadeira Imersão, dentro de sua oholyáo (congregação local).

Nosso Messias nos deu o exemplo de como deve ser o Verdadeiro Batismo, ao se batizado por imersão (Mt 3:13-17). Por isso Paulo/Sha’ul ensina que devemos ser sepultados no batismo (Rm 6:4) e que essa é a única forma de fazê-lo (Ef 4:5). O batismo por imersão representa a morte, o sepultamento e a ressurreição de Cristo, numa expressão pública de fé em Sua graça salvadora e de renúncia ao pecado e ao mundo (At 2:35-39; 8:35-39; 16:32 e 33; Rm 6:1-11; Gl 3:1-3). Ainda, o batismo por imersão – em NOME DE YAOHUSHUA – nos une ao remanescente fiel, a Igreja/Kehiláh do Messias (At 2:41, 42, 47). Esta experiência é essencial para a salvação (desde que a pessoa esteja devidamente – física e emocionalmente – apta para o fazer) Mc 16:15 e 16; Jo 3:3-5... Portanto, se você foi batizado por imersão mas em nome de uma trindade (pagã), o seu batismo não teve valor para O ETERNO, pois o próprio Messias nos disse: Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Mt 28:18. E, por isto é que o batismo (como os apóstolos faziam) deve ser feito em NOME de Yaohushua (na Sua autoridade)!

E agora, por que te _____________ ? ____________, ___________ o _____________ e lava os teus ______________, invocando o nome dEle.” Atos 22:16.

NOTA: Segundo a BJ, Mt 28:19 contém um acréscimo – em nome do Pai, do Filho e do espírito Santo – feito por Diocleciano em 196 d.M. e isto explicaria o porque em apenas dez dias depois destas admoestações, os discípulos estarem batizando apenas em nome de Yaohgushua e não em nome de uma suposta trindade (Veja Marcus 16:15-16)!

14 – Como Mordomos Fiéis, o Cristão participa com o Dízimo e sua Oferta!

Conforme o exemplo de quando o Criador instituiu o dízimo para o sustento do ministério levita (Lv 27:30-32; Mal 2:1 – 3:18) e confirmado pelo Messias [Mt 23:23], pois até o dia do seu sacrifício de Cruz, estaria vigente; assim devemos proceder (Mt 27:51), por exemplo superior. Paulo/Sha’ul assim também confirma (I Co 9:13 e 14). Portanto, o sistema de dizimar é uma boa tática de promover o ministério de salvação e sustento da obra do ETERNO na Terra; no entanto, aos moldes de II Co 9:7 – na forma de ofertas ou em uma proporção [pacto] em que os dirigentes da congregação possa estar ciemtes que podem contar, mensalmente, com tais valores adequando assim, os gastos do ministério...

No Novo Testamento ficou-nos a admoestação de Paulo/Sha’ul mostrando que todas as ofertas – e se assim o desejarmos, também o dízimo pactuado – deveriam ser feitas voluntariamente e de coração (e alegria) – II Co 9:6 e 7; Sal 96:8; Pro 3:9.

Cada um _______________ segundo tiver proposto no ______________ , não com __________________  ou por __________________ ; porque O ETERNO ama a quem dá com alegria”. II Co 9:7.

15 – O Cristão tem o Privilégio de Participar de Diversas Cerimônias e Ordens Estabelecidas pelo CRIADOR para a Sua Igreja.

A Santa Ceia ou Comunhão: Relembra a morte do Messias até que Ele venha (I Co 11:26). A participação nela é essencial – todos (crianças/jovens/adutos) podem e devem participar, independente de denominação ou de ser batizado – para o crescimento do cristão e buscar no Messias, forças para vencer as dificuldades deste mundo. Paulo/Sha’ul nos instrui quanto à Ceia do Messias e aconselha-nos na preparação espiritual (I Co 11:23-30). A Ceia é precedida por uma cerimônia estabelecida pelo próprio exemplo do Messias – o lava-pés – como preparação espiritual para se participar da comunhão (Jo 13:1-10, 17); no entanto, ela é anual, segundo um calendário judaico e não o da ICAR que é seguido pelos ditos “crentes”.

O Pôr-do-sol: Semanalmente, ao adentrar-se o sábado do ETERNO, devemos fazer um culto onde cearemos com os nossos irmãos... Este ritual pode ser precedido com as bençãos das velas onde a matriarca da família nos recebe (e ao sábado) para cear com o Messias! Solicite mais informações sobre este importante momento na vida dos seguidores do Messias...

Casamento: O conselho do Messias é não unir-se com incrédulos (II Co 6:14); Is 54:13). É para toda a vida (Gn 1:28: Mt 19:9) e deve ser cultivado nele o amor cristão (Ef 5:22 e 23; Cl 3:18 e 19). Uma cerimônia, ao moldes judaicos é muito interessante pois contém diversas analogias com o casamento do Messias com a Sua igreja...

Ordenação e batismo: Para os cargos eclesiásticos de rosh; ancião e diácono ou membro (Atos 13:3 e 4; 14:23; 6:5 e 6) e podem ser feitos por transmissão (um ordenado ou batizado, pode ordenar ou batizar outro...).

Oração de Apresentação de Crianças: Não é um batismo, o qual somente é administrado quando a pessoa o solicita (Rm 14:12). É pedir a benção do ETERNO sobre elas, como era feito nos dias do Messias (Mt 19:13-15).

Oração e Unção dos Enfermos: (Tg 5:14 e 15). Um momento onde poderemos – como oholyáo - interceder pelas pessoas necessitadas e enfermas...

Alegrei-me quando me disseram ______________ à __________ do ETERNO”. (Sl 122:1).

16 – De Acordo com os Dons Recebidos do CRIADOR, cada cristão participa nas Atividades Destinadas a Proclamar o Evangelho e a Preparar um Povo para o Encontro Com o Messias:

O Messias deu dons a Seus Filhos (Ef 4:8) “com vista ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço (Ef 4:12), ou seja, levar adiante a proclamação do evangelho e também para “edificação do corpo de Cristo – a Igreja/Kehiláh” (Ef 4:12) ou seja, o fortalecimento espiritual dos crentes que a compõe. Esses dons é para serem usados (Rm 12:4-8). E o Criador disse que deseja que sejamos participantes na pregação (Ap 22:17; Is 43:10-12; II Co 5:17-20; Rm 10:13-15). Quando o mundo estiver vivendo o Armagedom, o Messias voltará para trazer a paz, consumindo com os ímpios e reunindo-nos sobre o Monte Santo:

E será ______________ este ______________ do reino por todo o _______________ para  testemunho de todas as nações. Então ___________ o __________”. Mt 24:14

E lhes _____________ dos olhos toda ________________ e a _______________ já não ____________ , já não haverá _____________ , nem _____________ porque as primeiras coisas passaram. E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve porque estas palavras são fiéis e verdadeiras”. Ap 21:4 e 5.

...até lá, devemos fazer discípulos!!!

 

Minha Decisão: Pela graça do ETERNO decido pôr a minha vida em harmonia com estes princípios e desejo ser batizado (ou rebatizado – Atos 19:1-7) e recebido como membro da Igreja de Cristo, a que guarda os Seus Mandamentos e tem o Se Testemunho (Ap 14:12).

OBS: Saiba que esta igreja ainda está presente em nossos dias... Solicite informações e venha fazer parte da Igreja de Cristo!

 

Meu E-mail: __________________________ Data: _____/_____/________.

 

Parabéns, você que chegou até aqui é mais do que vencedor (Rm 8:37) mas agora o convidamos a andar a segunda milha (Mt 5:41) fazendo um curso específico [CTA – Curso de Teologia Aplicada] para formar líderes congregacionais [rosh]; aptos a dirigir uma oholyáo para Yaohushua hol-Mehushkyah!

Sim, eu desejo fazer o CTA. Meu Nome: ______________________

 

Dúvidas! falecom@cyocaminho.com.br  

Temas Polêmicos: www.cyocaminho.com.br/TemasDVs.html

E, que O ETERNO nos abençoe em nossa busca pela Verdade. Amnao!

 

 

SAIR