O Livro de Daniel[Dayan'ul]

 

 

HOME

TEMAS DVS

ÍNDICE

Curso: As Profecias de Dayan'ul

Introdução a Dayan'ul e Cadastro

Introdução & Cadastro

01 - A Guerra Universal entre o Bem e o Mal

02 - A Importância da Obediência ao ETERNO

03 - O Sonho de Nebucha-dnezar

04 - Adorar ou Não Adorar!

05 - Conversão Após a Queda

06 - O Mistério de Bavel

07 - Dayan’ul na Cova dos Leões

08 - Os animais e a Bavel Espiritual

09 - O Tempo Está Cumprido

10 - As 2300 Tardes e Manhãs e as 70 Semanas

11 - O Santuário

12 - O Julgamento já se Iniciou para os Ímpios

13 - Por que o Santuário Precisa ser Purificado?

14 - Um Tempo de Paz

15 - Há Vida após a morte?

16 - O Destino dos Ímpios

17 - O Chifre Pequeno Pode Mudar a Lei?

18 - O Sábado Pode Ser Mudado?

19 - O Sábado ou Domingo?

20 - O Criador e a Hostilidade Humana

21 - A Segunda Vinda de Yaohu’shua

22 - O Verdadeiro Yaoshor’ul

23 - Lealdade ao Criador

24 - Quem é o Povo do ETERNO nos Últimos Dias?

25 - O Último Chamado do Criador

26 - O dom de Profecia

27 - A Cruz de Yaohu’shua hol’Mehushkyah

28 - Dayan’ul e a Nova Terra

 

CLIC AQUI para baixar uma versão de impressão do Curso Completo

ou

Siga On-Line

 
 

O livro de Dayan’ul é um dos mais conhecidos, ao menos sua parte histórica; entretanto é dos mais complexos e de difícil interpretação do Antigo Testamento. O livro fala sobre um jovem, levado à força para a cidade da Babilônia para integrar-se à equipe diplomática do Império. Dayan’ul teve muito êxito e esteve no topo da pirâmide organizacional da Babilônia, mesmo quando o Império sofreu sua derrocada.

Tal qual Kozoq’ul, o livro de Dayan’ul também faz parte da literatura apocalíptica, pois utiliza-se de visões misteriosas para transmitir a mensagem divina de que os reinos deste mundo não estão fora do domínio de YAOHUH. Além disso, Dayan’ul não pode ser enquadrado como um profeta clássico, no sentido estrito do termo, pois ele não condena o comportamento pecaminoso, nem recomenda a guarda da Lei da Aliança [simplesmente a aceita como consolidada]. Os eruditos hebreus entenderam dessa forma e na Bíblia hebraica não o colocam entre os demais profetas, mas junto com os livros de Ozór, Neemias/Naokhem’yah e Crônicas e os livros poéticos na seção chamada de “Escritos” [ordem cronológica e não por tema, como os cristão os fazem].

Conforme as datas citadas no livro, Nebuchadnezar levou os israelitas cativos em 605 a.Y. O sonho interpretado por Dayan’ul aconteceu em 603 a.Y. e ele continuou na elite do governo até o primeiro ano do rei Kerósh (Dn. 1:21; 538 a.Y.). Dayan’ul ainda recebeu uma revelação no terceiro ano do governo de Kerósh (10:1; 536 a.Y.), quando encerrou suas atividades nos impérios babilônico e persa.

Mas, apesar de Dayan’ul narrar acontecimentos relativos ao século VI a.Y. muitos eruditos afirmam que a obra foi composta no século II a.Y. entre os anos de 168 a 164. A razão para esta conclusão é a citação dos reinos do norte e do sul que coincidem com a história do período grego no Oriente Médio que abrange os séculos IV a.Y. ao II a.Y.

Aqueles que apóiam esta data adiantada [não crendo da revelação profética, por isto o classifica como um livro histórico] baseiam-se no fato de Dayan’ul ser uma literatura apocalíptica. Este tipo de literatura, entre outras características, eram:

• pseudonímia – atribuir à uma obra o nome de um personagem famoso do passado para transmitir credibilidade.

• Vaticinium ex eventu – produzir uma obra literária remetendo ao passado como se o autor vivesse antes deles.

Estas características compõem a literatura apocalíptica extra bíblica do século II a.Y. ao século II d.Y., geralmente presente nos chamados livros apócrifos... O livro de Dayan’ul traz acontecimentos precisos do ano 168 a.Y. e, por isso, alguns estudiosos afirmam se tratar de um autor contemporâneo que escreveu estes registros pouco tempo depois.

Outra característica apocalíptica presente em Dayan’ul são os fatos extraordinários tais como o livramento da fornalha dos amigos de Dayan’ul (cap. 3) e a mão que escreveu na parede no banquete de Belsazar (cap. 6). A literatura extra bíblica deste período era rica neste tipo de narrativa.

Apesar de Dayan’ul compartilhar algumas das características da literatura apocalíptica extra bíblica [porque ele é que copiou e não os demais é que o copiaram em seu estilo?] o livro de Dayan’ul diferencia-se em certos aspectos e não é simples determinar todos os aspectos da literatura apocalíptica. Um problema em considerar Dayan’ul uma produção do século II a.Y. está no estabelecimento da data, pois o período entre 168 – 164 a.Y. é um período muito curto de tempo para produzir, copiar e distribuir um livro, sem mencionar o processo de canonização [aceitação] pela comunidade judaica.

Outros fatos que depõem contra a data avançada de Dayan’ul:

• O uso do aramaico no livro de Dayan’ul sugere um período anterior ao século II a.Y.

• A inclusão de Dayan’ul na Septuaginta (versão grega do Antigo Testamento).

• A presença de Dayan’ul nos manuscritos do Mar Morto (II a.Y.).
A Babilônia começou despontar no cenário mundial como uma grande potência, aproveitando a decadência do Império Assírio. O ano era 626 a.Y. quando Nebupoladnezer, pai de Nebuchadnezar, foi firmado como rei da Babilônia. O Império Assírio ruiu definitivamente, depois de 150 anos, em 605 a.Y. na batalha de Carquêmis.

Após a morte de Nebupoladnezer, seu filho, Nebuchadnezar, assumiu o reino da Babilônia e tomou os territórios que a Assíria não havia conquistado, incluindo o Reino do Sul, Yaohu’dah. Neste período, os filhos de rei Josias se envolveram em muitas conspirações contra Nebuchadnezar e o resultado foi o processo da deportação de parte da população de Yaohu’dah em três etapas. Nesta ocasião, Dayan’ul já estava na corte babilônica, pois fora deportado na primeira etapa em 605 a.Y.

O reinado de Nebuchadnezar terminou em 562 a.Y., entretanto seus sucessores não foram tão competentes quanto ele e o Império Babilônico chegou ao fim em 539 a.Y. quando Kerósh, o persa, tomou a Babilônia sendo recebido com um herói ao invés de conquistador. Ao assumir o governo da Babilônia, Kerósh permitiu que os povos conquistados voltassem e reconstruíssem sua sociedade (Ed. 1:1-4). O povo de Yaohu’dah considerou isso como o cumprimento das profecias e o restabelecimento da Aliança. Aos judaicos cabia apenas aguardar a restauração do governo teocrático com a capital em Yah’shua-oléym, que de fato nunca aconteceu.
 

NOTA de oCaminho: Sha’ul nos deixa claro a sua crença no unitarianismo ao distinguir Pai e Filho em I Co 8:4u.p., 5-6. Segundo Jo 1:3 (Hb 1:2), Yaohushua é o nosso CRIADOR (o Verbo) e segundo I Tm 6:16 o PAI é o único digno de ser chamado de ETERNO!

TAMBÉM, devemos sempre levar em consideração Jo 1:18 ao lermos passagens do VT... Todas as vezes que a divindade fala, aparece ou vem até o personagem do livro, é o próprio CRIADOR [Yaohushua antes da Sua encarnação]...

-o-o-o-o-o-o-o-

Responda às perguntas a seguir e nos envie por e-mail [SELECIONE E COLE EM UMA MENSAGEM] para receber as demais lições ou continue on-line.

1 – Você já leu toda a Bíblia?

2 – Você tem o costume de abrir a Bíblia e ler apenas uma sequência de versículos ou gosta de lê-La na sequência de um capítulo todo?

3 – Qual  o livro de sua Bíblia, que desperta em você maior interesse?

4 – Você usa mais o Velho Testamento ou o Novo Testamento? Porque?

5 – Qual o livro ou assunto que para você, é o mais difícil de ser compreendido?

6 – Você gostaria de Estudar algum livro da Bíblia, ou qualquer outro assunto de seu interesse? Qual?

 

Nome: ______________________________________________

Denominação: ________________________________________

Rua: ____________________________ Cidade: ____________

UF: ___ CEP: __________ E-Mail: ________________________

 

 

Preencha o Formulário abaixo para solicitar um estudo sobre um tema específico ou dar a sua opinião sobre este estudo...

Não fique com dúvidas!!!

ATENÇÃO: Verifique se o seu  email está certo; pois não teremos como responder [veja em sua caixa de email, a resposta]!

CONTATOS

[15] 9 9191-8612 (CLARO)

         9 9781-0294 (VIVO)

         9 8121-3482 (TIM)

         9 8800-1763 (OI)

falecom@cyocaminho.com.br

Horário de atendimento: 9:00/19:00hs -  Exceto das 17:00hs/sexta às 15:00hs/sábado [Reuniões do Shabbos] Horário de Brasília

 

DÚVIDAS

 
 

  

ESTE QUADRO AO FICAR EM BRANCO É PORQUE O FORMULÁRIO FOI ENVIADO COM SUCESSO

AGUARDE A NOSSA RESPOSTA EM SUA CAIXA DE EMAIL!

 

 

SAIR