Escola Sabática On-Line

Indo fundo nas entrelinhas...

 

Lição 1

Lição 2

Lição 3

HOME

Lição 5

Lição 6

Lição 7

Lição 8

Lição 9

Lição 10

Lição 11

Lição 12

Lição 13

 

By Ministério Estudando a Bíblia

www.cyocaminho.com.br

Exclua o item que desejar, chegando o mause no canto esquerdo, no doc que abrir!

Imprimir

 

1º trimestre de 2017

DISCIPULANDO!

 

Lição Intercalada com o Formulário para as Respostas


 

Lição 4 - Discipulado das crianças

Sábado à tarde

VERSO PARA MEMORIZAR:

"Vendo os principais sacerdotes e os escribas as maravilhas que Yaohu'shua fazia e os meninos clamando: Hosana ao Filho de Dao'ud!, indignaram-se e perguntaram-Lhe: Ouves o que estes estão dizendo? Respondeu-lhes Yaohu'shua: Sim; nunca lestes: Da boca de pequeninos e crianças de peito tiraste perfeito louvor?" (Mt 21:15,16).

Leituras da Semana: Sl 127:3-5; Dt 6:6,7; Lc 2:40-52; Mt 18:1-6,10-14; Mc 10:13-16

Em nosso desejo de pregar ao mundo e fazer discípulos de todas as nações, não devemos esquecer uma classe de pessoas: as crianças!

Estudos cristãos sobre crianças e jovens divergem em muitos aspectos. No entanto, através das linhas denominacionais algo parece constante: a maioria dos cristãos entregou a vida a Cristo em uma idade relativamente jovem. Um número menor de convertidos vem da população mais idosa. Muitas igrejas, aparentemente, ignoram esse fato importante em seu planejamento evangelístico, direcionando a maior parte de seus recursos para a população adulta. Os primeiros discípulos de Cristo também parecem ter subestimado o valor do ministério das crianças. Yaohu'shua rejeitou essa atitude e abriu espaço para as crianças, até mesmo dando prioridade a elas.

Portanto, devemos fazer o mesmo...


 USE O FORMULÁRIO ABAIXO PARA RESPONDER ÀS QUESTÕES

Nome:

E-mail:

1º Dia...

Vantagem da criança hebréia

As crianças hebréias desfrutavam um tratamento especial quando comparadas às crianças das antigas nações vizinhas. Em muitas culturas eram difundidos sacrifícios de crianças para apaziguar os 'deuses'. Do contrário, o valor das crianças frequentemente era medido por sua contribuição econômica à sociedade. Produtividade do trabalho, não valor intrínseco, definia seu relacionamento com o mundo adulto. É triste dizer, mas algumas dessas atitudes, especialmente quando se trata de valor econômico, são encontradas em nosso mundo atual. Verdadeiramente, o dia da ira precisa vir.

Evidentemente, a apostasia de Yaoshor'ul (Israel) afetou o valor dado pela população às crianças. O envolvimento de Menashé (Manassés) com a feitiçaria e as religiões de outras nações induziu ao sacrifício de crianças (II Cr 33:6). No entanto, o reinado deste rei foi exceção e não regra. Sob liderança mais espiritual, os yaoshorul'itas (israelitas) valorizavam muito seus descendentes.

 

1. Leia o Sl 127:3-5; 128:3-6; Jr 7:31; Dt 6:6, 7. Que valor UL'HIM dá aos filhos? De que maneira uma compreensão adequada das Escrituras pode afetar nosso relacionamento com eles?

Minha Resposta à Questão 1:

Educação, direito de primogenitura e muitas outras práticas culturais demonstravam claramente o valor das crianças na antiga cultura hebraica. Não é de admirar que Cristo tenha expandido a posição já exaltada das crianças, em comparação com as culturas circundantes, para novas dimensões. Afinal, as crianças são seres humanos, e a morte de Cristo foi por todas as pessoas, independentemente da idade, um ponto que nunca devemos esquecer.

É difícil acreditar que haja adultos tão corrompidos, tão maus e tão degradados que façam mal às crianças, às vezes até mesmo às suas. Como podemos, em qualquer situação em que estivermos, amar, proteger e educar as crianças dentro da nossa esfera de influência?


 

Segunda

Infância de Yaohu'shua

Se Yaohu'shua não tivesse passado pela infância, chegando entre nós como adulto, sérias questões poderiam ser levantadas a respeito de Sua capacidade de Se identificar com as crianças. Cristo, porém, Se desenvolveu como toda criança deve se desenvolver, não omitindo nenhuma das etapas de desenvolvimento associadas ao crescimento e à maturidade. Ele compreende as tentações dos adolescentes. Ele sofreu as fragilidades e inseguranças da infância. Cristo enfrentou os desafios que toda criança enfrenta na sua própria esfera. Sua experiência na infância foi outra maneira crucial pela qual nosso Salvador revelou Sua verdadeira humanidade.

 

2. Leia Lc 2:40-52. O que isso ensina sobre a infância de Yaohu'shua?

Minha Resposta à Questão 2:

Entre os judaicos, os doze anos eram a linha divisória entre a infância e a juventude. Ao completar essa idade, um menino hebreu era considerado filho da Lei, e também filho do ETERNO. Eram-lhe dadas oportunidades especiais para instruções religiosas, e esperava-se que participasse das festas e observâncias sagradas. Foi em harmonia com esse costume, que Yaohu'shua em Sua meninice fez a visita pascal a Yahshua-oléym.

De acordo com as Escrituras, Yaohu'shua adquiriu sabedoria. UL'HIM Lhe concedeu graça. Desde o encontro no templo durante a visita pascal, em Sua infância, percebemos que Yaohu'shua tinha profunda sabedoria bíblica. Os rabinos ficaram muito impressionados com as perguntas e respostas de Yaohu'shua.

UL'HIM certamente usou várias experiências da infância para moldar esse caráter impecável. Talvez a disciplina de aprender habilidades de carpintaria, a atenção de pais dedicados, a exposição regular às Escrituras e Suas interações com os nazarenos [uma classe religiosa, não cidadãos de uma pretensa cidade] formaram a base de Sua educação inicial. No fim, por mais notável que Yaohu'shua tenha sido na infância, ainda assim Ele havia sido uma criança, como cada um de nós.

Yaohu'shua não recebeu instrução nas escolas das sinagogas. A mãe foi Sua primeira professora humana. Dos lábios dela e dos rolos dos profetas, aprendeu as coisas celestiais. As próprias palavras ditas por Ele a Mehu'shua (Moisés) para Yaoshor'ul, eram-Lhe agora repetidas pela Sua mãe. Com isto, o que aprendemos sobre a humanidade de Cristo?


 

Terça 

Curando as crianças

3. Leia Mt 9:18-26; Mc 7:24-30; Lc 9:37-43; Jo 4:46-54. Quais são as semelhanças e diferenças no contexto de vida dessas crianças? Que lições podemos aprender com esses textos as quais podem nos ajudar hoje?


Minha Resposta à Questão 3:

Uma semelhança impressionante é que, em todas essas histórias, pais desesperados foram a Yaohu'shua buscando ajuda para os filhos. Qual pai não pode se identificar com esses relatos? Qual pai já não sentiu dor, angústia, medo e horror quando um filho estava muito doente ou até mesmo morrendo? Para os que passaram por isso, não há nada pior.

Embora Yaohu'shua não tenha sido pai, em Sua humanidade, Ele Se identificava com os pais o suficiente para curar seus filhos. Em cada caso ocorreu a cura. Ele não desprezou ninguém. Assim, Seu amor, não apenas pelos pais, mas pelos filhos, foi claramente manifestado.

Isso leva a uma série de perguntas a respeito de casos em que pais oram e suplicam a Yaohu'shua pela cura de seus filhos e, no entanto, eles não são curados. Talvez, não haja experiência mais triste do que sepultar um filho. A morte deve ser reservada para as gerações mais velhas. A sequência antinatural em que pais lamentam a morte de seus filhos traz revolta ao coração. Durante esses funerais quase todos os pais perguntam: "Não deveria ter sido eu em lugar de meu filho?"

O luto pela morte física e a observação da decadência espiritual podem ser igualmente dolorosos. Quantos pais têm agonizado por causa de filhos destruídos pela dependência de drogas, pornografia, ou indiferença dos próprios filhos? Seja qual for a aflição, devemos aprender a confiar no Criador, em Sua bondade e em Seu amor, mesmo quando não alcançamos resultados tão felizes quanto os das histórias bíblicas listadas acima. Nosso mundo é um lugar difícil. Nosso UL'HIM, porém, é amoroso (Jo 3:16). Custe o que custar, devemos nos apegar a essa verdade.


 

Quarta

Uma terrível advertência

4. Leia Mt 11:25, 26; 18:1-6, 10-14. Que verdades, não apenas sobre os filhos, mas sobre a fé em geral, podemos aprender com esses textos? Pense na seriedade da advertência de Yaohu'shua. Por que deveríamos tremer diante dela?


Minha Resposta à Questão 4:

Yaohu'shua frequentemente recorreu à sinceridade das crianças para ilustrar Seu reino. A autenticidade, humildade, dependência e inocência das crianças de alguma forma captam a essência da vida cristã. Ao viver nossa fé, devemos almejar intensamente essa simplicidade e confiança.

Os modernos formadores de discípulos precisam aprender outra lição: as crianças nunca devem deixar para trás sua dependência infantil. Devidamente instruídas, elas podem levar sua confiante inocência para a idade adulta. Certamente, quando as crianças amadurecerem e envelhecerem, elas questionarão coisas e terão lutas, dúvidas e perguntas sem resposta, como acontece com todos nós. Mas uma fé infantil nunca fica fora de moda. Como pais, ou como adultos em geral, devemos fazer todo o possível para incutir nas crianças o conhecimento do ETERNO e do Seu amor. A melhor maneira de fazer isso é revelar esse amor em nossa vida, em nossa bondade, compaixão e cuidado. Podemos pregar sermões e exortar o tanto que quisermos, mas, no fim, como acontece com os adultos, a melhor maneira de discipular as crianças é viver diante delas o amor do ETERNO em nossa vida.

Em frio terrível e forte contraste, atos criminosos contra crianças, especialmente durante atividades oficiais da igreja, podem destruir a confiança da criança na igreja e, muitas vezes, no UL'HIM da igreja. Grande ira está reservada para os que cometem tais ações e para os que protegem os culpados. Cristo e Sua mensagem despertam fé e confiança. Como uma organização humana se atreve a prejudicar essa fé infantil por falta de vigilância?

O que sua igreja está fazendo, não apenas para educar suas crianças, mas para garantir que elas sejam protegidas de todas as formas possíveis? O que significam estas Palavras de Yaohu'shua: "Os seus anjos nos Céus vêem incessantemente a face de Meu Pai celeste" (Mt 18:10). Por que isso deveria fazer tremer qualquer um que maltrata uma criança?


 

Quinta

Aceitando os pequenos

5. Leia Mc 10:13-16. O fato de que Cristo aceitou as crianças facilitou a aceitação dEle? Como devemos entender Sua repreensão aos discípulos? O que devemos aprender com esse relato sobre o relacionamento com as crianças?

Minha Resposta à Questão 5:

Certamente os discípulos de Cristo eram bem-intencionados, embora ignorantes. Eles tentaram proteger seu valioso tempo, preservando sua energia para assuntos mais "importantes". Eles realmente se equivocaram sobre o que Yaohu'shua queria que eles entendessem.

Imagine-se sendo desprezado por adultos grosseiros e depois sendo abraçado pela amorosa e carinhosa pessoa de Yaohu'shua. Não é de admirar que as crianças O abraçaram. Nessa história temos um exemplo inestimável sobre a maneira pela qual as crianças devem ser tratadas pelos professos formadores de discípulos.

Quantas vezes encontramos adultos que sofrem tanta dor, tanta confusão, tanta mágoa sobre coisas que aconteceram com eles na infância? O que isso deve nos dizer sobre a maneira gentil, carinhosa, piedosa e amorosa pela qual devemos tratar as crianças?


 

Sexta

Perguntas para reflexão

6. Por que mais pessoas aceitam a Cristo na juventude do que na velhice? Seria por que os mais jovens são muito ingênuos e ignorantes? Ou seria por que eles ainda não se tornaram endurecidos e pervertidos pelo cinismo e ceticismo dos adultos?

Minha Resposta à Questão 6:

 

7. Como a igreja pode se organizar para se tornar mais semelhante a Cristo em seu relacionamento com as crianças? O que os membros podem fazer para ser mais amigáveis para com os jovens que experimentam modas bizarras, gostos musicais incomuns e, às vezes, comportamentos estranhos? Como a igreja pode se tornar mais dinâmica, atraindo assim a ativa juventude?


Minha Resposta à Questão 7:

 

8. Que passos devem ser dados para responder aos jovens interessados que desejam o batismo e um compromisso de mudança de vida com Cristo?

Minha Resposta à Questão 8:

 

9. Pense nos atributos das crianças que levaram Yaohu'shua a dizer: "Se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos Céus" (Mt 18:3). O que esse texto quer dizer?

Minha Resposta à Questão 9:


Respostas sugestivas:

1. As crianças são uma valiosa herança ou recompensa dada por UL'HIM; são flechas na mão do guerreiro; trazem felicidade à família; o nascimento dos descendentes representa a continuidade da bênção divina. As crianças devem ser ensinadas de acordo com a Palavra do ETERNO.

2. "Crescia Yaohu'shua em sabedoria, estatura e graça, diante do ETERNO e dos homens". Yaohu'shua Se desenvolvia em sabedoria (intelecto), estatura (físico) e graça (vida religiosa). As pessoas percebiam isso e UL'HIM também.

3. Todos esses pais buscaram um milagre de Yaohu'shua em favor de seus filhos. Alguns eram religiosos judaicos, enquanto outros eram pagãos, mas todos lutavam por seus filhos. Alguns confiavam em Yaohu'shua, enquanto outros vacilavam em sua fé.

4. As grandes revelações do ETERNO são ocultas dos orgulhosos e instruídos e são dadas às pessoas humildes e puras como as crianças. Os que induzirem as pessoas ao pecado terão sérias consequências. UL'HIM nos chama para reconduzir ao aprisco as ovelhas extraviadas.

5. Yaohu'shua atraiu pessoas por causa de Seu interesse nas crianças. O desprezo para com elas era contrário aos princípios de Seu reino. As crianças também precisam estar perto de Yaohu'shua. O evangelho não é apenas para os adultos. Se as crianças não forem levadas a Yaohu'shua, a igreja se tornará cada vez mais fraca. Ser como criança é um requisito para entrar no reino do ETERNO. Podemos levar as crianças a Yaohu'shua ou podemos impedir que elas se aproximem dEle. Qual será nossa atitude? Se as levarmos a Yaohu'shua, Ele as tomará em Seus braços e as abençoará.
 

 
 

CTA: Curso de Teologia Aplicada

Não perca a oportunidade de se atualizar, TORNE-SE um rosh da CYC,  fazendo o CTA  - o único curso unitariano via e-mail - com Novos Cursos para homens e mulheres; formando líderes para cumprir o Ide!

   SAIBA MAIS...

Agora com Novos Cursos

 

Index