Escola Sabática On-Line

Indo fundo nas entrelinhas...

 

Lição 1

Lição 2

Lição 3

Lição 4

Lição 5

Lição 6

Lição 7

Lição 8

HOME

Lição 10

Lição 11

Lição 12

Lição 13

 

By Ministério Estudando a Bíblia

www.cyocaminho.com.br

Exclua o item que desejar, chegando o mause no canto esquerdo, no doc que abrir!

Imprimir

 

1º trimestre de 2017

DISCIPULANDO!

 

Lição Intercalada com o Formulário para as Respostas


 

Lição 9 - Discipulando poderosos

Sábado à tarde

VERSO PARA MEMORIZAR:

"Assim, a palavra do Criador se espalhava. Crescia rapidamente o número de discípulos em Yah'shua-oléym; também um grande número de sacerdotes obedecia à fé" (At 6:7)

Leituras da Semana: Rm 13:1-7; Mc 2:23-28; Mt 8:5-13; 26:57-68; 27:11-14; At 4:1-12

Sha'ul (Paulo), escrevendo a respeito de seu próprio julgamento na corte dos césares, disse: 'Ninguém me assistiu na minha primeira defesa; antes, todos me desampararam [...] Mas o Criador assistiu-me e fortaleceu-me, para que, por mim, fosse cumprida a pregação e todos os gentios* a ouvissem; e fiquei livre da boca do leão'" (II Tm 4:16, 17).

 * Os descendentes do reino do Norte [as 10 tribos], espalhados por entre as nações... Is 9:1


 USE O FORMULÁRIO ABAIXO PARA RESPONDER ÀS QUESTÕES

Nome:

E-mail:

1º Dia...

Respeito às autoridades

Ao longo dos séculos, as pessoas têm se esforçado para entender o papel e a função do governo, e como os cidadãos deveriam se relacionar com ele. O que dá aos governantes o direito de governar? Qual é a melhor forma de governo? Deveriam as pessoas sempre obedecer às autoridades? Por quê? Esses são apenas alguns exemplos de uma série de questões com as quais ainda lutamos. Leia Mt 22:21.

 

1. Leia Rm 13:1-7. Que importantes princípios encontramos ali? Que exemplos temos de abuso desses princípios? O que podemos aprender com esses erros, tanto em nossa história quanto na história da igreja cristã em geral?

Minha Resposta à Questão 1:

A opressão e a brutalidade caracterizavam o Império Romano na época de Cristo. As legiões romanas aterrorizavam e subjugavam as nações civilizadas, forçando-as à submissão ao império. Centenas de milhares foram despojados, presos e assassinados. Governos fantoches permitidos por Roma foram, provavelmente, piores do que a própria Roma. No entanto, é interessante que Yaohu'shua nunca defendeu qualquer tipo de rebelião contra esse governo nem a sonegação de impostos (Lc 20:25). O ato singular de desobediência civil por parte de Yaohu'shua – derrubar as mesas dos cambistas – demonstrou a repulsa que Ele sentia com referência aos abusos sacerdotais*. Esse ato não foi contra os romanos.

 * O pecador deveria pegar uma oferta do seu próprio rebanho ou posse e levar ao templo; sacrificando-a pessoalmente! Porém, os sacerdotes estavam "vendendo" ofertas prontas a qualquer espécie de moeda (daí os cambista) e talvez nem mesmos sacrificassem essa oferta, 'revendendo-a' diversas vezes... O ritual perdera o sentido: a contrição do pecador!


 

Segunda

"Vocês não leram...?"

Infelizmente, algumas das pessoas mais poderosas e influentes com quem Yaohu'shua lidou foram os líderes religiosos de Seu tempo, muitos dos quais eram abertamente hostis a Ele.

No entanto, em Seus encontros com eles, Yaohu'shua sempre procurou resgatá-los. Ele não estava à procura de discussões, estava buscando a salvação de todos, mesmo daqueles poderosos que acabariam por condená-Lo à morte.

 

2. Leia Mc 2:23-28; 3:1-6; Mt 12:1-16. Como podemos ver que Yaohu'shua, apesar da hostilidade aberta contra Ele, estava tentando alcançar aqueles homens? O que Ele disse e fez que deveria ter tocado o coração deles?

Minha Resposta à Questão 2:

É interessante que, ao lidar com essas pessoas, Yaohu'shua recorreu às Escrituras e à história sagrada, fontes que deveriam ter tocado os líderes religiosos. Yaohu'shua apelou àquilo que deveria ter sido um ponto em comum entre eles. Por exemplo, Ele citou a Bíblia quando falou sobre a importância da misericórdia acima dos rituais. Ao fazer isso, Ele procurou levar os líderes a um significado mais profundo da lei que eles alegavam valorizar e defender com tanto fervor e devoção.

Em Seu discurso sobre retirar um animal de uma cova no dia de sábado, Yaohu'shua apelou para as noções mais básicas de decência e bondade, algo com que aqueles homens deveriam ter se identificado. Porém, o problema era que a amargura e o ódio deles contra Yaohu'shua obscureceram esses princípios comuns. Finalmente, os próprios milagres deveriam ter falado em voz alta a esses influentes líderes acerca do Homem extraordinário que estava entre eles.

Hoje, é fácil olhar para trás e ficar espantado com a cegueira e dureza desses homens. Porém, como podemos ter certeza de que ao buscarmos proteger algo que não queremos abandonar, não nos fechamos para uma luz maior procedente do Criador? Por que isso é muito fácil de acontecer? Não se esqueça das atitudes daqueles que se prendem à falsas doutrinas - como a trindade e ir para o céu (nascimento virginal então, é o ponto máximo a não ser tocado), quando apresentamos-lhes a Verdade!


 

Terça 

O centurião

Embora vários encontros de Cristo com pessoas poderosas tenham terminado de forma áspera, houve exceções notáveis, como aconteceu com Nakdímos (Nicodemos). Outro encontro construtivo envolveu um oficial militar romano – o centurião.

 

3. Leia Mt 8:5-13; Lc 7:1-10. O que podemos aprender com esses relatos sobre a obra de testemunhar a pessoas de destaque?


Minha Resposta à Questão 3:

Quando o centurião soube que Yaohu'shua estava Se aproximando, ele enviou vários amigos para dissuadir Cristo de ir encontrá-lo. Respeitando profundamente o culto judaico e a espiritualidade de Yaohu'shua, ele se sentiu indigno da atenção pessoal de Cristo. Finalmente, pouco antes de Yaohu'shua chegar, ele 'ousou' aproximar-se dEle. Expressou sua fé dizendo que apenas uma declaração de Cristo poderia curar seu servo. Com base na experiência militar, ele entendia o conceito de autoridade. O centurião obedecia ao seu comandante e seus subordinados o obedeciam. Quão surpreendente é que esse homem de poder e influência (e, além disso, romano) pudesse mostrar tão profunda fé, enquanto outros que tinham muito mais vantagens espirituais menosprezavam Yaohu'shua.

Nesse contexto, um honesto auto exame é proveitoso. Precisamos perguntar: Temos nos limitado a defender doutrinas [falsas*, por sinal - Ap 18:4], em vez de experimentar uma fé viva? Será que os cristãos mais novos e menos preparados têm expressado fé mais profunda do que aqueles criados na igreja? Será que nossas vantagens espirituais têm se tornado motivo para a autossuficiência? Temos deixado de perceber as oportunidades espirituais? Sempre que respondermos afirmativamente, Cristo é a solução. Qualquer pessoa pode desfrutar a experiência do centurião. Essa história deve incentivar aqueles que evangelizam pessoas em funções de destaque. Quantos centuriões existem hoje? Que a fé dessas pessoas inspire e fortaleça a nossa.

* Qualquer denominação que tenha um credo fechado, não tem a Verdade!

Há poder em um ministério altruísta e abnegado capaz de tocar pessoas de qualquer categoria ou classe. Quais dessas características se manifestam em nossa própria vida e testemunho?


 

Quarta

O Dia do Julgamento

 

4. Leia Mt 26:57-68; 27:11-14; Lc 23:1-12; Jo 18:19-23, 31-40; 19:8-12. O que podemos aprender com o testemunho de Yaohu'shua a esses homens poderosos?

Minha Resposta à Questão 4:

Nas cenas finais da vida terrestre de Cristo, Seus seguidores tiveram um vislumbre do preço doloroso da fidelidade inabalável. Da prisão à crucificação, Cristo deu testemunho perante os mais poderosos da nação: monarcas, governadores e sacerdotes. Um a um, Ele estudava aqueles inebriados pela autoridade mundana. Aparentemente eles O controlavam. Os soldados arrastavam Yaohu'shua entre seus tribunais, concílios, palácios e salas de julgamento, sem perceber que estavam diante do Juiz do mundo. No fim das contas, qualquer julgamento que pronunciassem contra Cristo seria proferido contra si mesmos. 

Embora Cristo testemunhasse para fazer discípulos, por vezes o resultado era muito diferente do que Ele teria desejado. Como Yaohu'shua teria Se alegrado se Pilatus, Caifás, Herodes e outros entregassem o coração e se arrependessem. Teimosamente eles rejeitaram Seus apelos, insensivelmente ignorando o convite final para salvação.

Da mesma forma, os seguidores de Cristo do século 21 devem reconhecer que, embora testemunhem para fazer discípulos, frequentemente o resultado parece ser diferente do que eles gostariam que fosse e do que pediriam em oração. A medida do sucesso nem sempre corresponde aos esforços feitos. Isso não deve desencorajá-los nem inibir o testemunho. O verdadeiro discípulo é, como o próprio Cristo, fiel até a morte; não fiel até o desapontamento. Chamar os ouvintes para uma decisão ajuda a revelar o trigo e o joio. O trigo é comemorado, o joio lamentado, e a semeadura continua. Não obstante o aparente insucesso do testemunho de Cristo diante de homens poderosos, algo maravilhoso aconteceu, pois, de acordo com Atos 6:7, não apenas o número de discípulos se multiplicou, mas "um grande número de sacerdotes obedecia à fé". Somente UL'HIM sabe quantos desses sacerdotes estavam ouvindo e assistindo Yaohu'shua naquelas horas finais.

Sempre que Yaohu'shua dava testemunho a pessoas influentes, outras pessoas observavam. Algumas delas estavam em posições de poder. Assim como Nakdímos e Yao'saf (José) de Armatha’yim, muitos da instruída classe sacerdotal desenvolveram gradualmente a fé. Alguns expectadores que testemunharam as discussões de Cristo com os líderes religiosos, certamente também creram.


 

Quinta

A explosão primitiva

Os primeiros discípulos de Cristo promoveram vigorosamente o evangelho em todo o mundo civilizado. Casas, sinagogas, estádios públicos, tribunais e palácios se tornaram palcos para a proclamação do reino. Yaohu'shua, no entanto, profetizou que haveria prisões, julgamentos e audiências reais hostis para os discípulos (Mt 10:16-20). Infelizmente, aqueles que estavam cheios de poder terreno foram mais demorados em aceitar Cristo.

 

5. De duas causas de como podemos explicar o crescimento explosivo da igreja primitiva? E, por que muitos poderosos não aceitaram Yaohu'shua? At 4:1-12; 13:5-12, 50; 23:1-6; 25:23–26:28

Minha Resposta à Questão 5:

 Embora alguém possa pensar que muitas pessoas foram instantaneamente convertidas do nada, não foi isso que aconteceu. Esses resultados extraordinários foram consequência visível de circunstâncias subjacentes. A semeadura precede a colheita. Cristo proclamou fielmente o evangelho. Os missionários haviam testemunhado por toda a Yaohu'dah. Os primeiros conversos, sem dúvida, ajudaram a levar a mensagem. Quando Cristo venceu a morte, confirmando Sua mensagem, milhares de indecisos entraram no reino. Eles haviam seguido secretamente a Cristo. Seu coração havia respondido aos Seus convites. Fatores culturais, segurança no trabalho e pressão familiar tinham retardado sua clara resposta. A ressurreição de Cristo destruiu a barreira, forçando uma decisão.

Então, o apóstolo Sha'ul entrou em cena; em busca da Casa de Yaoshor'ul, os gentios... Todavia, seu testemunho não foi apreciado em todos os lugares. Às vezes, homens e mulheres preeminentes o perseguiam e o expulsavam. Ele foi apedrejado, açoitado, preso e maltratado, frequentemente por instigação de pessoas influentes. Motivos políticos eram geralmente a base para os sentimentos anticristãos

O governador Félix prendeu Sha'ul a fim de apaziguar a oposição religiosa ao apóstolo. Seu sucessor, Festo, foi mais imparcial, mas faltava-lhe vontade política para libertar Sha'ul. Durante uma visita oficial, o rei Agripa e sua irmã Berenice (descendentes da dinastia herodiana) solicitaram uma audiência com Sha'ul. Infelizmente, como seus predecessores, eles rejeitaram o convite de salvação. Embora enfrentem rejeição e perseguição semelhantes, os discípulos de Cristo do século 21 também devem perseverar.

Como os formadores de discípulos que trabalham com autoridades religiosas e seculares podem evitar o desânimo causado pela constante rejeição? Sempre que os seguidores de Yaohu'shua trabalham com pessoas influentes, quem mais pode ser afetado por seu testemunho?


 

Sexta

Perguntas para reflexão

A turbulência vulcânica geralmente fica oculta sob a crosta da montanha. Medir visualmente sua intensidade é impossível. Da mesma forma, o potencial explosivo do movimento de Yaohu'shua permaneceu escondido durante Seu ministério terreno. Entretanto, após Sua ressurreição, o reino entrou em erupção, evidenciada pelas conversões em massa, mesmo entre pessoas influentes. A fiel semeadura finalmente produziu colheita abundante.

6. O que esses fatos nos dizem sobre a importância de não ficar desanimado quando nosso testemunho não parece tão eficaz como gostaríamos que fosse, especialmente entre a elite poderosa?

Minha Resposta à Questão 6:

Nas Escrituras lemos que DONs é derramado sobre os crentes tão somente para edificar a Igreja/Kehiláh...

7. Quais poderiam ser algumas desses dons? Por que precisamos ser cuidadosos para não limitar aqueles que poderíamos considerar desqualificados para esse trabalho?

Minha Resposta à Questão 7:



				

Respostas sugestivas:

1. O Criador requer que obedeçamos às autoridades constituídas, ainda que não sejam os melhores governantes. Aquele que se insurge contra a autoridade política está se rebelando contra uma instituição permitida por UL'HIM. Apenas em caso de haver conflito entre a Lei do Criador e a lei dos homens, é que podemos apegar-nos ao que UL'HIM requer e deixar com Ele as consequências.

2. Cristo procurou ajudar essas pessoas, mostrando os princípios das Escrituras. Ensinou que Ele fizera o sábado para promover a vida e a felicidade e não para destruir a vida. A vida e o Criador da vida estavam acima do sábado. Isso não diminuiu o valor do sábado, mas mostrou que esse dia tinha um propósito mais nobre, elevado e profundo do que as pessoas podiam perceber.

3. Enquanto líderes judaicos, que conheciam as Escrituras, rejeitavam Yaohu'shua, o centurião romano, que viera no paganismo, suplicou a ajuda de Cristo. Cristo Se surpreendeu com a fé demonstrada pelo centurião e não teve preconceito com relação à sua etnia, religião e posição social. Ao contrário, honrou sua fé e abençoou sua vida.

4. Apesar da covardia, falsidade e injustiças dos líderes religiosos e governantes, Yaohu'shua os tratou com respeito. Entretanto, não deixou de testemunhar acerca da Verdade. Ele manteve respeitoso silêncio. Contudo, revelou-Se como o Messias diante da pergunta de Pilatus.

5. Causas do crescimento da igreja:

a) A Volta, em espírito, de Yaohu'shua no Pentecostes (Mt 18:20; 28:20) sobre cristãos consagrados e dedicados.

b) A perseguição romana fez com que os missionários espalhassem a mensagem.

c) A igreja se concentrou intensamente na proclamação da mensagem. Embora muitos poderosos não aceitem a mensagem, Cristo morreu por eles. Eles precisam ouvir o evangelho. Se não quiserem aceitar, a responsabilidade será deles.

 

 
 

CTA: Curso de Teologia Aplicada

Não perca a oportunidade de se atualizar, TORNE-SE um rosh da CYC,  fazendo o CTA  - o único curso unitariano via e-mail - com Novos Cursos para homens e mulheres; formando líderes para cumprir o Ide!

   SAIBA MAIS...

Agora com Novos Cursos

 

Index