SHEMA YSRAEL, YAOHUSHUA ELOHENU UL, YAOHUH  ECHAD! Dt 6:4.

Escuta Yaoshor'u! Yaohushua é o nosso Criador; o Eterno é um Só!

SERMÃO: A ÚLTIMA PÁSCOA JUDAICA!

Exclua o item que desejar, chegando o mause no canto esquerdo, no doc que abrir!

Imprimir

Louvor: Hino – Tua Presença (em pé)!

Oração Inicial: um membro... 

A – Boa noite irmãos, é um prazer estar aqui entre vocês... Estamos vivendo esta semana o que conhecemos como Semana Santa! Nestes dias lembramo-nos da última semana de Cristo aqui na Terra e o nosso Tema será:

 

Paixão e Morte, Não!  Paixão e Vida, Sim!

 

B – Ao falarmos sobre A Paixão de Cristo a nossa mente imediatamente nos leva à agonia de Yaohushua na Cruz. O que me faz fazer-lhes uma pergunta:  Vocês conseguem ter em mente os acontecimentos da vida de Yaohushua naquela última Semana?

C – Nesta explanação teremos a oportunidade de compreender e ver  como foram os dias de Yaohushua naquela que foi a maior Semana para a Humanidade...  

Iniciaremos, é claro, pelo meio da semana que antecede àquela derradeira semana: a...

 

QUINTA-feira – YAOHUSHUA É UNGIDO

Alguns acontecimentos marcantes que antecederam a Semana da Paixão criaram dois tipos de expectativas nas pessoas daqueles dias, em relação à pessoa de Yaohushua: Amor e Ódio! As pessoas comuns e seus seguidores desejavam coroá-Lo Rei. Porém os líderes religiosos, judaicos, desejavam vê-Lo morto.

I. Vejamos alguns dos fatos que fizera com que fossem motivados sentimentos antagônicos como estes: Amor e ódio!

1 – A Páscoa seria no 14º dia de Nisan, que naquele ano caiu numa quarta-feira. Portanto, 6 dias antes correspondia a 8 de Nisan, uma sexta-feira. Simão/Shami’ul, o oleiro ofereceu um jantar a Yaohushua (Jo 12:1-8). Foi neste jantar que Yaohushua permitiu que Maria/Maoro’hem, irmã de Martha e Lázaro/Ul’ozor ungisse Seus pés com o precioso nardo. Uma prova de infinito amor por aquEle que muito a perdoou! Porém os judaicos planejavam não só matar a Yaohushua, como a Lázaro/Ul’ozor, também uma prova do Seu infinito poder – Jo 12:9-11.

2 – Foi neste clima de amor e ódio que se iniciara a mais importante semana para a humanidade: a Semana da Paixão e Yaohushua era o centro das atenções...

 

Acontecimentos NA SEXTA-FEIRA:

1 – Jo 12:12-19

Logo pela manhã, cumpria-se Zc 9:9, pois Yaohushua entrou em Jerusalém/Yaosh’ua-oléym montado humildemente em um jumentinho. E Yaohushua aceitou a homenagem que nunca antes aceitara, pois assim poderia chamar a atenção de todos para o sacrifício que iria fazer. Ele, o Filho Unigênito, o Verdadeiro Cordeiro Pascal, seria morto e todo o mundo precisava saber.

2 – Um cortejo nunca dantes visto era conduzido por aqueles que haviam sido curados por Ele. Cegos, que agora viam abriam a marcha. Lázaro/Ul’ozor conduzia o pequeno jumento. Mudos, agora entoavam juntamente com as crianças os mais altos louvores. Saltavam de alegria, os coxos por Ele, curados.

Viúvas, órfãos, ex-leprosos e muitas pessoas que haviam sido por Ele curadas, exaltavam o Nome de Yaohushua.

O povo estava convencido de que chegara a hora de sua libertação do jugo romano, mas este jugo apenas era mais uma consequência do jugo do pecado e este sim seria redimido. Vestes, ramos de oliveira e palmas formavam um tapete pelo qual passava Yaohushua.

Os fariseus ardendo de inveja querendo abafar os sentimentos do povo, disseram a Yaohushua: Mestre, repreende os teus discípulos; Yaohushua replicou: Digo-vos, que se estes se calarem as próprias pedras clamarão. Em Jo 12:19 lemos que estes líderes conformados diziam: Eis aí o mundo após Ele!

I. Todos iam após Ele

1 – Yaohushua é aclamado Rei

Quando o cortejo continuou imperturbável na direção da grande porta oriental da cidade, a multidão aclamava: Hosanas! Bendito o reino que vem; o reino de Davi, nosso pai! Hosanas nas maiores alturas – Mc 11:9-10.

Ao entrar Yaohushua em Jerusalém/Yaosh’ua-oléym, toda a cidade se alvoroçou, querendo saber quem era Yaohushua: Quem é este? Todos perguntavam...

2 – Quem era Yaohushua para eles naquele momento?

Para aquelas pessoas Yaohushua era a resposta para o sofrimento, a dor, a injustiça. Para eles Yaohushua era a esperança de liberdade do domínio romano. Para eles Yaohushua era o Rei que podia dar liberdade, alegria, paz e segurança. Yaohushua era aquele que poderia oferecer uma vida sem fome, sem doenças ou sofrimento. Yaohushua era a garantia de uma nova vida!

II. A quem o mundo está seguindo hoje?

1 – A quem Buscamos hoje?

Hoje, o ser humano não sabe a quem está buscando; hoje muitos não sabem a quem seguir... Atualmente vivemos em um mundo confuso, cheio de teorias e respostas para a aflição humana. Muitos estão dando tudo para preencher o vazio interior, para encontrar paz, segurança e ter esperança. E, a imensa maioria, seguem um falso nome, paganizado: Jesus! Mas onde está a resposta?

2 – A resposta que buscamos:

E em nenhum outro há Salvação; porque debaixo do céu nenhum outro Nome há, dado entre os homens, em que devamos ser salvos. Atos 4:12

Yaohushua é a esperança, é a paz, é a libertação, é a solução para os seus problemas, é Ele que pode transformá-lo e restaurar completamente a sua vida! A passagem não diz: ...e a Verdade vos libertará (?) Jo 8:32.

Yaohushua é o Rei do Universo e por isso Ele tem poder. Se Ele também for o seu Rei, sua vida vai mudar para melhor agora mesmo. Ele nos criou [não é o que está escrito em Jo 1:3; Hb 1:2 (?)] e por isso nos conhece e também conhece as nossas necessidades.

Ele veio morrer em nosso lugar, por isso pode tirar o peso da culpa que carregamos no íntimo de nosso ser.

É o nosso Salvador. É o Médico dos médicos!

É aquEle que voltará em breve para nos dar vida eterna; é a nossa esperança de uma nova vida!

 

Sábado:

Yaohushua passou toda a noite de sexta-feira em oração, na cidade de Betânia/Bohay’anyao. Domingo, logo cedo, dirigiu-se com os discípulos para Jerusalém/Yaosh’ua-oléym.

1. Mc 11:12 a 14 nos relata que:

No caminho para Jerusalém/Yaosh’ua-oléym, viu uma figueira, e como estivesse com fome, procurou figos, mas nada encontrou. A figueira estava coberta de folhas verdes; prometia frutos, mas não passava de engano. "Nada achou senão folhas"! Proferiu então a maldição: "Nunca jamais coma alguém fruto de ti". Mc 11:14.

A Atitude de Yaohushua surpreendeu os discípulos. Eles O ouviram por muitas vezes dizer que viera não para condenar, mas salvar o mundo. Este ato de amaldiçoar a figueira era único em Sua vida; qual seria seu objetivo? Este fato foi uma parábola viva!!!

Aquela árvore estéril foi usada como símbolo da nação judaica, que ostentava o belo Templo, orgulhava-se de seus conhecimentos, impressionantes cerimônias oficiadas por sacerdotes vestidos com ricos paramentos, mas corrompida e desviada da Verdade. Era como uma linda e verdejante árvore, desprovida dos bons frutos espirituais.

O CRIADOR espera por anos, frutos de arrependimento e conversão em nossa vida. Um dia, este tempo de graça terminará e virá o juízo. Um dia, o CRIADOR vai examinar nossa vida e o que Ele encontrará?

Milhares hoje continuam a rejeitar a luz da Verdade. Desligados de Cristo, fechados à Sua voz onipresente, secam como secou a figueira estéril.

2. No fim de Sua missão, foi Ele outra vez ao Templo e encontrou-O de novo profanado em condições piores. O pátio se tornara um vasto curral com vários tipos de animais, aves e câmbio de moedas. Os animais para o sacrifício, principalmente o cordeiro que O representava, cujo sangue deveria ser derramado para o perdão e salvação, transformaram-se em lucrativo negócio. Todo o simbolismo e ritual que apontava para o Remidor do Pecado perderam o significado. Bastava ter dinheiro que não era mais necessário expor-se publicamente para redimir suas transgressões, pois as ofertas já estavam prontas lá no Templo e, se necessário, o próprio sacerdote realizaria o sacrifício da inocente criatura...

Yaohushua declarou: "A minha casa será chamada casa de oração para todas as nações. Vós, porém, a tendes transformado em covis de salteadores”. Mc 11:17.

YAOHUSHUA CURA OS DOENTES - Mt 21:14 a 17

1 - Depois de limpar a Casa do ETERNO, Yaohushua ministra com poder. O pátio do Templo se enche agora de Verdadeiros adoradores.

Toda sorte de doentes e aflitos se aproximam e Yaohushua socorre, cura e conforta a todos. É o único registro que diz terem trazido doentes a Yaohushua, no Templo.

As crianças também correm para Yaohushua e repetem as hosanas e louvores, como o fizeram no dia anterior.

Os cambistas e os sacerdotes retornam e vêem os enfermos curados, os cegos restaurados, os surdos ouvindo e os coxos saltando de prazer. Vêem as crianças abraçando e beijando a Yaohushua, agitando palmas novamente, festejando o Rei do amor e bondade.

A expectativa era que Yaohushua tomasse o trono de Davi, naquela mesma hora.

2 - Zangados e confundidos os opositores de Yaohushua foram mais uma vez derrotados. Nada conseguiram fazer contra Yaohushua, nesse fim de semana. Todos tinham provas suficientes que Yaohushua era o Messias. 

 

O PRIMEIRO DIA DA SEMANA:

Está escrito: Ora, de dia ensinava no Templo, e à noite, saindo, pousava no monte chamado das Oliveiras. E todo o povo ia ter com Ele no Templo, de manhã cedo, para o ouvir. Lc 21:37 e 38.

Yaohushua chegou novamente ao Templo antes do alvorecer do Domingo e o povo veio para ouvi-Lo. O Mestre Yaohushua deu várias instruções ali. Mc 11:27 e 28.

Ocorreu um prolongado conflito com os líderes judaicos. Eles lhe fizeram três perguntas provocantes. Yaohushua censurou-os amplamente.

Foi nesse domingo que observou a pobre viúva dando sua pequena oferta que era tudo o que possuía. Desde então, caiu o dizimar e o OFERTAR passou a ser o método que Verdadeiramente mede o coração do crente! Anotem aí, II Co 9:7 e 8.

Um grupo de gregos procurou a Yaohushua e recebeu dEle maravilhosos ensinamentos.

Esse foi um dia cheio de atividades para Yaohushua no Templo e foi Seu último dia ali. Despediu-se daquele lugar, que era o centro religioso da época, para nunca mais voltar. Em seguida, no Monte das Oliveiras, proferiu várias parábolas ricas de lições espirituais.

Seus discípulos perguntaram-lhe, em particular, quando seria a Sua Volta e que sinais haveriam do fim do mundo. Vejamos agora os preciosos ensinamentos daquele dia.

I. OS ENSINOS DE YAOHUSHUA

1. Yaohushua Ensinou o Respeito pelas Autoridades - Lc 19:47 e 48.

Os sacerdotes e príncipes pertenciam a três facções: Saduceus, Herodianos e Fariseus; estes últimos armaram uma cilada para que os herodianos pudessem prender a Yaohushua por rebelião contra César, o imperador.

Perguntaram-Lhe: "É lícito pagar tributo a César ou não?". Mostrando-lhes a imagem e inscrição de César numa moeda respondeu: “Daí, pois, a César o que é de César e ao ETERNO o que é dELE". Admirados com a resposta do Mestre, retiraram-se. Mt 22:15-22.

2. Yaohushua ensinou sobre a Vida futura e as Escrituras como Base para o Conhecimento sobre YAOHUH, o PAI.

Vieram então os saduceus; eles eram céticos e materialistas, não criam na existência dos anjos, nem na ressurreição, nem na vida futura, com suas recompensas e castigos. Muitos eram ricos e muitos sacerdotes eram dessa seita, bem menor que a dos fariseus.

Perguntaram eles: "Ora, havia entre nós sete irmãos, o primeiro, tendo casado, morreu e não tendo descendência, deixou a sua mulher a seu irmão que também morreu; o mesmo sucedendo com o terceiro ao sétimo. Depois de todos eles morreu também a mulher. Portanto, na ressurreição de quem dos sete será a esposa?" Respondeu Yaohushua: "Errais não conhecendo as Escrituras, nem o poder do CRIADOR, pois quando os mortos tornarem a viver não mais haverá casamento; todos viverão como vivem os anjos do céu”. Mt 22:23 a 33.

Muitos erram não conhecendo a Palavra do CRIADOR hoje; ou torcendo seus ensinos, como faziam os fariseus e saduceus do tempo dEle. Nossa segurança está em atentarmos para os ensinos da Bíblia. Precisamos estudá-la, e pedir a ajuda do CRIADOR para compreender Seu plano para nós.

3. Ensinou que a Lei dos 10 Mandamentos é o Padrão de Relacionamento entre você e o ETERNO; e, você e o Próximo!

Novamente chegaram os fariseus, através de um instruído escriba, procurando pegá-Lo em algum erro. Perguntou-lhe o intérprete da Lei:

"Mestre, qual é o grande mandamento da Lei”?

Respondeu Yaohushua: "Amarás YAOHUH, teu UL’HIM [CRIADOR ETERNO] de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento”.

“O segundo semelhante a este é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas”. Mt 22:34 a 40.

Sim, a Lei assim se divide: os três primeiros é tudo que você pode fazer pelo ETERNO; os seis últimos é tudo que você pode fazer pelo próximo! E o quarto Mandamento é o Elo de ligação: fazendo ao próximo, estará fazendo ao CRIADOR!

4. Yaohushua ensinou que não pode haver dois pesos e duas medidas. Mt 23:13-33

Ai de vós, porque fechais aos homens o Reino dos Céus; nem vós entrais nem deixais entrar os que estão entrando". v 13.

“Ai de vós, porque devorais as casas das viúvas”. v 14. Eram avarentos e egoístas.

Yaohushua repete: “Ai de vós escribas e fariseus", oitos vezes. Sete vezes chama-os de hipócritas, cinco vezes cegos e ainda insensatos, serpentes e raça de víboras, isto entre os vs 13-33 de Mt 23.

Talvez a maior repreensão a eles foi esta: "Guias cegos, que coais o mosquito e engolis o camelo”. Mt 23:24.

Por isto, a maior arma de ha’satan é o egoísmo! O egoísmo é o que separa você do ETERNO, e com isto vocês estará quebrando o primeiro grande mandamento e por consequência, o segundo!!!

 

II. O QUÊ YAOHUSHUA ENSINOU QUANTO À SUA VINDA

1 – No Monte das Oliveiras, quando se achava só, sentado meditando e orando, Pedro/Kafos, Tiago/Yaohu’kaf, João/Yaohu’khanan e André/Andor’ul foram ter com Ele, e perguntaram: "Dize-nos... que sinal haverá da Tua vinda e da consumação do século”. Mt 24:3.

Yaohushua respondeu misturando profecias sobre a destruição de Jerusalém/Yaosh’ua-oléym, o que realmente aconteceu no ano 70 d.Y, com a profecia do grande dia de Sua vinda. Fez assim porque os discípulos não teriam suportado saber o que logo teriam de enfrentar.

Aquelas orientações proféticas foram dadas não somente para seus discípulos, mas também para nós que vivemos no final da história deste mundo! Disse Ele:

"Vede que ninguém vos engane”... O grande perigo que os seguidores de Cristo enfrentariam seria o engano de falsos apóstolos de Cristo com suas falsas doutrinas: "Virão muitos em meu nome".

Irmão, só o estudo da Bíblia pode ajudá-lo a não ser enganado. A Palavra do CRIADOR vai guiá-lo ao conhecimento da Verdade. Você tem o costume de verificar se as doutrinas que você aprendeu em sua congregação, são bíblicas? Leia sobre o modo de agir dos bereanos em At 17:11 e adote de hoje em diante este procedimento!!!

2 – OS SINAIS

Yaohushua fixa o tempo em que apareceriam os primeiros sinais de Sua vinda. "E logo em seguida à Tribulação daqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento..”. Mt 24:29. Referia-se às Sete Últimas pragas descritas por João/Yaohu’kahanan, no último livro das Escrituras – o Livro da Revelação! Esta passagem tem um outro mérito: nos mostrar que a Grande Tribulação ocorrerá ainda com a Igreja/Kehiláh presente! Continua Ele:

 "Se levantará nação contra nação, reino contra reino e haverá fome e terremotos em vários lugares”. Mt 24:7.

"Ora, ao começarem essas coisas a suceder, exultai e erguei a vossa cabeça, porque a vossa redenção se aproxima”. Lc 21:28.

Será como no tempo do dilúvio, "...comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé/Nokh entrou na arca, e não o perceberam senão quando veio o dilúvio e os levou a todos, assim será também a Volta do Filho do Homem”. Mt 24:38, 39.

"Vigiai", "Ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá”. Mt 24:44.

Mas, as perguntas não eram tão somente sobre a Sua Volta, mas também em relação ao Fim dos Tempos; então a resposta!

"E este evangelho do reino será pregado por todo o mundo para testemunho a todas as nações. Então virá o fim”. Mt 24:14.

Veja, o Fim dos Tempos, segundo Ap 20:1-4 só ocorre após a implantação do Reino Messiânico – a Volta do Messias tem este objetivo: iniciar um reinado de mil anos sobre a Terra conf. é profetizado em Atos 15:16-18 onde lemos: “Nesse tempo reconstruirei o tabernáculo de Davi/Da’oud, que agora está em ruínas; restaurá-lo-ei à sua glória primitiva, para que o resto dos homens busquem YAOHUH através dos gentiles sobre os quais é invocado o meu Shuam (Nome). É isto que diz o Criador, e ele realiza os seus planos, feitos desde a eternidade.

Daí, será durante o milênio que o Evangelho será finalmente pregado a todas as nações; antes de verdadeiramente vir o fim. Is 66:19 nos confirma isto, onde lemos: E porei entre eles um sinal, e os que deles escaparem enviarei às nações, a Társis, Pul, e Lude, flecheiros, a Tubal e Yahvan, até às ilhas de mais longe, que não ouviram a minha fama, nem viram a minha glória; e anunciarão a minha glória entre eles.

 

SEGUNDA-FEIRA O Poder da Oração

Yaohushua passou a segunda-feira longe da multidão, provavelmente nos bosques de Betânia/Bohay’anyao. Nada ficou registrado de palavras que tenha dito ou de qualquer contato pessoal.

Yaohushua tivera um domingo de muita atividade, mas na segunda-feira, longe do povo preparou-se para os difíceis dias que teria pela frente.

Passou o dia em retiro, conversando com o Seu Pai Celestial. Yaohushua gastou horas sozinho, orando, em comunhão com o ETERNO, Seu Pai e nosso UL’HIM; à noite também passou horas com ELE e regressou pela manhã descansado e com abundante paz.

Passou o Sábado se preparando para enfrentar traição, abandono, prisão e morte no final da Pascoa/Posqa’yao. Não foi uma fuga covarde, mas sentia sempre a necessidade de comunhão com o Pai: YAOHUH UL’HIM.

A Segunda foi uma PAUSA PARA A ORAÇÃO – Vamos recapitular rapidamente as atitudes de Yaohushua naqueles dias da paixão:

1. Quinta

O Messias foi ungido, dando início à Sua última semana como o Filho do Homem.

2. Sexta

Yaohushua já havia chamado a atenção para si como o Messias enviado pelo ETERNO; permitiu que o aclamassem como Rei.

3. Sábado

Yaohushua curou muitas pessoas no Templo, Sua atitude era uma evidência de que Sua missão era restaurar completamente o ser humano, começando onde o homem estava, na sua condição de pecador e sofredor.

O Salvador partiu da cura física - solucionando os efeitos do pecado; para a cura espiritual - libertando do pecado.

4. Domingo

Yaohushua desmascarou os líderes religiosos através dos vários ensinamentos que apresentou. Mostrou assim a natureza do Seu reino.

Através das parábolas que contou, mostrou que viera para os seus e estes não o receberam. E de um modo particular aos Seus discípulos,

Apresentou a urgência do reino e a necessidade de preparar-se para ele.

5. Segunda

Momento de oração e comunhão – A ação de Yaohushua em retirar-se para meditar e orar indica Seu preparo para enfrentar a crise.

Yaohushua orou e meditou, esteve em comunhão intima e pessoal com o Pai. O Mestre estava buscando forças para a vitória sobre o pecado.

I. A VIDA DE ORAÇÃO DE YAOHUSHUA

1 – Nenhuma outra vida já foi tão assoberbada de trabalho e responsabilidade como a de Yaohushua; todavia, quantas vezes estava Ele em oração! Quão constante, Sua comunhão com o Pai! ... Como, uma pessoa identificada conosco e participante de nossas necessidades e fraquezas, dependia tanto do ETERNO? Ele, sempre em um lugar oculto, através das orações buscava força divina; a fim de poder sair fortalecido para o dever e provação que deveria enfrentar... 

Este exemplo de Yaohushua nos toca de maneira muito especial. Se quisermos vencer o pecado, se quisermos vencer nos momentos de aflição e sofrimento, necessitamos de uma força fora de nós; necessitamos do ETERNO.

A oração nos dá acesso a este poder e através da comunhão intima e pessoal com o nosso UL’HIM, poderemos conseguir a vitória, assim como Cristo conseguiu!

2 – Você consegue entender a mensagem que Yaohushua deixou quando esteve em oração e comunhão?

Temos necessidade de comunhão com o ETERNO; temos necessidade de orar, de buscar a Yaohushua, temos necessidade de estender o braço para Yaohushua e dizer, Mestre salva-me! Mt 14:30.

Talvez você esteja aqui pela primeira vez, quem sabe esta é a primeira semana santa que você vem à uma igreja. Saiba que é aqui o lugar onde você pode ter comunhão com o CRIADOR.

É orando, meditando, estudando as Escrituras que você vai encontrar forças para vencer. Não existe algo complicado que você faça para vencer o pecado. A vitória consiste num encontro pessoal com o ETERNO e com o Seu FILHO, através da oração!

Isto ocorre quando você coloca a sua vida nas mãos do CRIADOR. Veja:

I Pe 5:7 - "Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade porque Ele tem cuidado de vós”. E em I Ts 5:17 temos: "Orai sem cessar”.

3 – Quando oramos ao ETERNO para buscar Sua ajuda, estamos andando com ELE, como Yaohushua andou e estaremos prontos para vencer.

Ouça o escritor de Hebreus:

"Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna”. Hb 4:16.

 

terça-feira Sofrimento por amor

Durante a terça-feira, os discípulos prepararam a Páscoa, sob a liderança de Pedro/Kafos e João/Yaohukhanan. A páscoa judaica constava de pães sem fermento, suco de uva e principalmente, do sacrifício do Cordeiro Pascal, cuja carne era comida assada no fogo e o sangue era aspergido nos umbrais da porta, em memória do êxodo para a liberdade... Mas faltava algo: o servo!

Na ausência de um servo e da falta de iniciativa dos doze apóstolos, Yaohushua lavou os pés de todos, dando um eterno exemplo de humildade e serviço. Instituiu assim, no lugar da Páscoa Judaica, a Santa Ceia e o Ritual do Lava-pés. Jo 13:1-17. E desde então, a Santa Ceia sempre anual – segundo um calendário judaico – passou a representar o sacrifício pela libertação de todos nós, não mais do Egito, mas sim das garras do pecado!

Pois, veja, para participarmos da Ceia, antes praticamos o Lava-pés (fazei isto... vs. 17) e para tal, antes devemos nos reconciliar com nossos irmãos; cf. foi dito em Mt 5:23-25...

 

I. Promessas Maravilhosas

Depois da ceia, Yaohushua profere uma promessa especial ali mesmo no cenáculo”. Na casa de Meu Pai há muitas moradas... vou preparar-vos lugar... voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que onde Eu estou estejais vós também”. Jo 14:1-3.

Que promessa! Viver para sempre com o nosso Criador, em Seu Reino sobre a Terra! Esta promessa nos pertence. Logo Yaohushua voltará e com Ele viveremos para sempre; não é o que diz o Sl 115:16 (?). Bem, continuando!

Após a Ceia, pregou ali mesmo no cenáculo, o sermão do capítulo 14 de João/Yaohu’khanan

Naquela hora, a promessa de mansões não fora suficiente para confortar os apóstolos. Nada, nem mesmo o Céu, substituem a pessoa de Yaohushua. Então Yaohushua diz: E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós. Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós. (Jo 14:16-18) e complementou: "Ele vos guiará em toda a Verdade". Jo 16:13. E eu pergunto: quem habita em nós? Jo 14:21 e 23 responde:

Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele ...e Yaohushua disse: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada!

Com a frase: "Levantai-vos, vamo-nos daqui", registrada por João/Yaohu’khanan no capítulo 14, verso 31, Yaohushua sai com os onze apóstolos, transpõe o portão oriental e na descida do Monte Sião, fronteiriço ao Monte das Oliveiras, tem uma longa conversa com eles. Junto a uma videira e sob o luar prateado diz: "Eu Sou a videira, vós os ramos. Quem permanece em Mim e Eu nele, esse dá muito fruto; porque sem Mim nada podeis fazer”. Jo 15:5.

Assim, Yaohushua reforça a Sua promessa de estar em espírito e dá instruções aos discípulos, sobre os acontecimentos imediatos e futuros, cumpridas no pentecostes; em seguida "...levantou os olhos ao céu”. (Jo 17:1) e fez a oração sacerdotal do capítulo 17 de João/Yaohu’khanan, na qual comunga com o Pai, antecipando Sua vitória pela salvação da humanidade. Ora por Seus seguidores, de todas as épocas, incluindo também você e eu. Veja: "Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em Mim, por intermédio da Sua Palavra”. Jo 17:20.  

“Tendo Yaohushua dito essas palavras, saiu juntamente com os Seus discípulos para o outro lado do ribeiro Cedrom, onde havia um jardim; e ali entrou com eles”. Jo 18:1.

Do outro lado do ribeiro Cedrom, é a orla do Monte das Oliveiras, onde está o jardim Getsêmani. Yaohushua agora estava sozinho tomando o cálice amargo da agonia, sabendo que logo seria maltratado e morto inocentemente.

O ódio satânico contra Yaohushua Cristo, o Filho do ETERNO, fez dessa noite, a mais negra da história do mundo.

Terminara todo o trabalho pessoal e público de Yaohushua como Mestre. Iniciava agora Sua caminhada em direção à cruz, para redimir os pecadores. O Verdadeiro Cordeiro de UL’HIM estava preste a ser crucificado.

Poderia ter abandonado este mundo à sua sorte e voltar para o Trono de glória no céu, mas segue em frente. Tamanha foi Sua angústia "que o Seu suor se tornou como gotas de sangue caindo sobre a terra”. Registrado em Lc 22:44.

II. Porem AMOU-NOS ATÉ O FIM

1 - A atitude de Cristo naquela terça-feira está resumida em Jo 13:1. "...sabendo Yaohushua que Sua hora de passar deste mundo para o Pai tinha chegado, como havia amado os seus, que estavam no mundo, amou-os até o fim”.

Ao lavar os pés dos discípulos Yaohushua dera uma demonstração do Seu amor incondicional pêlos discípulos; ao partilhar a ceia com eles demonstrava grande amor. O pão sem fermento passou a ser o símbolo do Seu corpo oferecido para nos salvar.

Era a última Páscoa que Yaohushua comemoraria com Seus discípulos. Ele sabia que Sua hora chegara; Ele mesmo era o Verdadeiro Cordeiro Pascal, e no dia em que os judaicos iriam comer a páscoa, Ele seria sacrificado. Sabia que as circunstâncias ligadas àquela ocasião jamais seriam esquecidas por Seus discípulos.

2 – Vamos voltar algumas horas antes:

Quando os discípulos entraram na sala da ceia, tinham o coração cheio de ressentimentos. Judas/Yaohu’dah apressou-se em tomar lugar junto de Cristo, à esquerda; João/Yaohu’khanan estava à direita. Se houvesse lugar mais elevado, Judas/Yaohu’dah estava decidido a ocupá-lo, e esse lugar, julgava-se, era junto a Cristo. E Judas/Yaohu’dah era um traidor!

Judas/Yaohu’dah foi o primeiro cujos pés Yaohushua lavou. Judas/Yaohu’dah já havia fechado o acordo para entregar Yaohushua nas mãos dos sacerdotes e escribas. Cristo sabia tudo. Não obstante, não o expôs... Seu coração bradava: Como posso renunciar a ti? Esperava que Seu ato de lavar-lhes os pés, tocasse seu coração e o impedisse de completar seu ato de deslealdade. E por um momento o coração de Judas/Yaohu’dah comoveu-se intensamente com o impulso de confessar no mesmo instante e ali mesmo o seu pecado. Porém, endureceu o coração; Judas/Yaohu’dah entregou o Mestre!

Mais tarde veio o remorso, porém, nunca o arrependimento! Você sabe a diferença entre estas emoções? Pense nisto!!!

3 – Naquela terça-feira. Judas/Yaohu’dah, Anás, Caifás e muitos outros fizeram a escolha errada, desprezando a Yaohushua e Seu amor. Pedro/Kafos também falhou na hora da provação. Negou a Yaohushua, mas voltou-se para o Seu querido Mestre e se converteu!

 

Quarta-feira

A sessão noturna do Sinédrio, com uma minoria dos seus membros, mandou Yaohushua para o cárcere e encerrou sua reunião depois do meio da noite. Entre zombarias e mal tratos, Yaohushua e aqueles que desejavam matá-Lo permaneceram acordados madrugada adentro.

Ao amanhecer, o Sinédrio foi convocado para uma reunião matutina especial e condenaram a Yaohushua, por ter afirmado ser o Cristo, o Filho do ETERNO.

Yaohushua foi levado por seus inimigos e por uma turba a Pilatos, que não achando nenhuma culpa o enviou a Herodes, governador da Galiléia. Ele examinou Yaohushua, mandou açoitá-Lo mais para satisfazer a turba, pois nenhuma culpa encontrou nEle.

Novamente foi levado para o palácio de Pilatos, este fez o julgamento final, lavou suas mãos por achar Yaohushua inocente, mas mandou açoitá-Lo, novamente, esperando que isso aplacasse a ira dos judaicos. Querendo soltar a Yaohushua, propôs liberdade a Ele ou a Barrabás, o marginal. A turba escolheu libertar o ladrão e assassino e pediu a crucifixão de Yaohushua.

Ao meio-dia, depois de carregar a pesada cruz, onde Barrabás seria morto, juntamente com dois outros ladrões, Yaohushua foi crucificado. No meio da multidão que acompanhara Yaohushua para o Calvário, estavam também os Seus discípulos, Sua mãe e Seus amigos.

Na cruz, em meio ao sofrimento, Yaohushua proferiu algumas frases e ouviu muitas outras de zombarias e acusações. Às três horas da tarde, bradou em alta voz: "Está consumado..." e morreu.

Escuridão, trovões e um terremoto assustam a todos, principalmente aos líderes religiosos que prenderam e acusaram injustamente a Yaohushua. Apavorados pensaram que havia chegado para eles o momento de sua justa retribuição.

Nicodemos e José/Yaohu’saf de Arimatéia, dois membros do Sinédrio e discípulos de Yaohushua, providenciaram o sepultamento do Mestre, num sepulcro novo, num jardim ali junto ao Monte Calvário.

O mais negro dia da humanidade tornara-se também o mais importante da História do Universo. O Criador resgatou Suas criaturas, morrendo por elas, dando a maior prova de amor jamais vista. O mundo estava salvo! Na cruz ficou provado que ainda existe uma esperança.

 

II. NO DIA DA PAIXÃO DE CRISTO

Alguns acontecimentos foram marcantes naquela quarta-feira; Primeiro vamos ver algumas pessoas que também selaram seu destino naquele triste acontecimento.

1. Anás e Caifás

Fizeram tudo para condenar o inocente filho de UL’HIM.

2. Judas/Yaohu’dah

Desesperado por sua traição, enforcou-se.

3. Pedro/Kafos

Chorando amargamente por ter negado a Yaohushua, aceitou-O sinceramente como Seu Salvador.

4. Pilatos

Omitiu-se de uma decisão ao lavar as mãos... Ficou em cima do muro?

5. Barrabás

Recebeu vida e liberdade pela morte de Cristo...

6. Os Dois Ladrões ao lado de Cristo na cruz

O primeiro, salvo por ter aceitado a Cristo no último momento da sua vida. Aconteceu com ele um exemplo do plano que o CRIADOR tinha preparado para todos nós: Liberdade do pecado e Vida eterna através da Sua morte. Porém, o segundo, insensível ao Salvador, perdeu-se.

III. Mas vamos observar mais detalhes da CRUCIFIXÃO, MORTE E SEPULTAMENTO de Yaohushua!

"Quando chegaram ao lugar chamado Calvário, ali O crucificaram, bem como aos malfeitores, um à direita outro à esquerda”. Lc 23:33.

Era meio-dia. Despiram a Yaohushua.

Fizeram-No deitar sobre a cruz. Pregaram Suas mãos e pés sobre o rude madeiro e levantaram a cruz, fazendo-a descer com violência para o fundo do buraco. Isto faz rasgar as mãos e os pés, ao peso de Seu corpo moribundo.

Sobre o alto da cruz puseram escrita a sua acusação: "ESTE É YAOHUSHUA O REI DOS JUDAICOS". Mt 27:37. Ao pé da cruz, os soldados repartiram entre si, as vestes do Mestre!

Yaohushua tinha a respiração ofegante. A posição na cruz forçava os músculos do peito e braços, tornando difícil respirar. Cãibras nos braços e pernas causavam dor e gemido. Seu sangue corria gota a gota para os pés da cruz.

A turba continuava a escarnecer dEle. "Se és o Filho de UL’HIM, desce da cruz”. No entanto, as frases ditas por Cristo na cruz foram estas:

1. Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem. Lc 23:34.

Poucas semanas depois, Pedro/Kafos prega em Jerusalém/Yaosh’ua-oléym, e acusa seus ouvintes de terem participado na crucifixão de Yaohushua e esses perguntam: "Que faremos, irmãos?".

Pedro/Kafos, responde: "Arrependei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Yaohushua para remissão dos pecados..”. Atos 2:38. Note, em Nome de Yaohushua e jamais em nome de um “deus trino” ou mesmo de um nome paganizado, adorado por todas as nações...

2. Também disse: Em Verdade te digo hoje, estarás comigo no paraíso. Lc 23:43.

A conversão deste ladrão foi de grande conforto para Yaohushua ali na cruz. Foi a certeza que teve de que Sua morte não era em vão.

3. Mulher, eis aí o teu filho, depois disse ao discípulo: Eis aí a tua mãe. Jo 19:26 e 27.

Em meio ao sofrimento procura confortar e ajudar Sua mãe viúva. Dessa hora em diante, o apóstolo João/Yaohukhanan passou a cuidar de Maria/Maoro’hem.

4. UL’HIM meu, CRIADOR meu, porque me desamparaste? Mt 27:46.

Todo o pecado da humanidade sobre Cristo, oculta dEle a presença do Pai e isto é o que mais aflige o Salvador.

5. Tenho sede. Jo 19:28.

A natureza do Filho do Homem sente as mesmas necessidades de todo homem; Ele tornou-se como um de nós para nos oferecer o dom da salvação.

6. Está consumado. Jo 19:30.

Com estas palavras, Yaohushua concretiza o plano da redenção. O Cordeiro de UL’HIM é imolado como único e completo sacrifício em favor do pecador. A porta abriu-se para todos os que quiserem ser salvos. A libertação do pecador foi, finalmente, proclamada!

7. Pai, nas Tuas mãos entrego o meu espírito. Mt 23:46.

E Yaohushua, verdadeiramente, morreu! Não fora um teatrinho, como muitos afirmam...

Sua angústia pelo peso dos pecados da humanidade, partiu-Lhe o coração. Nessa hora, três da tarde, uma escuridão cobriu a terra, trovões e um terremoto aterrorizaram a todos. O centurião que comandava os soldados romanos na crucifixão declara: "Verdadeiramente, Este era o Filho de YAOHUH, o CRIADOR ETERNO”. Mt 27:54.

A multidão desce do Monte Calvário tateando nas trevas, lamentando e batendo nos peitos. Os discípulos, incluindo várias mulheres fiéis, permanecem observando à distância. O corpo de Yaohushua é retirado da cruz e envolvido num lençol com aromas.

Yaohushua foi sepultado; uma grande pedra foi rolada, fechando a entrada da sepultura. A pedra foi selada, para que ninguém a removesse e soldados montaram guarda dia e noite, junto ao sepulcro.

Por ser o dia da preparação para o sagrado sábado dos pães asmos [uma quinta-feira], todos se retiram enquanto o sol declinava na direção do poente. "Então se retiraram para preparar aromas e bálsamos. E naquele sábado cerimonial, descansaram, segundo o mandamento”. Lc 23:56. Na sexta-feira as Marias/Maoro’hens compraram os incensos e bálsamos e, novamente se preparam para receber agora o Santo Sábado semanal... Mc 16:1. Esperariam o Sábado passar para só então irem ao sepulcro, pois, o contato com mortos faria com que elas estivessem impuras para a santidade do Sábado das semanas, o sétimo da criação!

Ha’satan foi vencido. Estava pago o preço pela culpa de todo pecador arrependido. A porta para a Vida ETERNA estava aberta a todos que buscassem a salvação!

Yaohushua sofreu tudo isso por você e por mim. Yaohushua suou gotas de sangue no jardim; foi maltratado; esbofeteado; com uma coroa de espinhos foi ferido. Yaohushua foi humilhado pela turba e carregou a pesada trave da cruz.

O sangue escorreu das mãos, pés e cabeça do Criador deste mundo. 

Este sacrifício foi por você, para salvá-lo; para que você tivesse esperança e uma nova vida. Yaohushua, numa quarta-feira passou pelo sofrimento e humilhação que eu e você deveríamos passar.

Ele comprou a nossa salvação com sangue... o Seu precioso sangue da Sua vida. Ele tornou possível a esperança; Ele tornou-se a nossa esperança e salvação!

 

Finalmente o SÁBADO - A ESPERANÇA É YAOHUSHUA

I. INTRODUÇÃO - Lucas 23:53-56

Jerusalém/Yaosh’ua-oléym estava repleta de gente que veio para as Festas. Era o grande sábado, o centro das Festas dos Pães Ásmos, Páscoa e Primícias, que aconteciam todo ano nos dias 14, 15 e 16 do primeiro mês.

Mas esse foi um sábado das semanas diferente de todos os outros. Embora se ouvissem os sons das trombetas, chamando o povo para as celebrações, e o movimento festivo parecesse normal, havia uma atmosfera sombria envolvendo Jerusalém/Yaosh’ua-oléym.

Principalmente, os sacerdotes e príncipes que estavam desassossegados e inquietos. Temiam mais o Cristo morto do que quando vivo.

O Templo encheu-se de adoradores, muitos dos quais, passaram a noite examinando as Escrituras Sagradas e estavam convencidos de que as profecias messiânicas haviam se cumprido. Os sacerdotes estavam confusos, contemplando a grande e majestosa cortina que dividia o Lugar Santo do Santo dos Santos; rasgada por mãos invisíveis de alto a baixo. O Lugar Santíssimo, nunca visto pelo povo, agora estava exposto à admiração de todos.

Muitos doentes vieram procurar a Yaohushua, buscando socorro. Nunca Cristo atraíra tanto a atenção como naquele sábado. Cumpriam-se Suas Palavras: "E Eu quando for levantado da terra, atrairei todos a Mim mesmo”. Jo 12:32. Seu nome andava em milhares de lábios. Mas o Salvador estava em silêncio na sepultura fria. Suas mãos dobradas sobre o peito, indicavam que Sua obra na terra terminara...

Descansava naquele último dia da semana pascal, depois de trabalhar pela redenção do mundo, assim como descansara quando concluiu a Criação da terra e do homem em seis dias, na companhia do Seu PAI. Os discípulos não somente estavam desapontados e com medo, mas muito tristes.

No alto do Calvário, três cruzes manchadas de sangue lembravam a história de seu ocupante principal!

IV. YAOHUSHUA, A LIBERDADE DE BARRABÁS

Naquele sábado, Barrabás comemorava sua liberdade, com a família. Alegrava-se com os amigos, festejava a Páscoa mais feliz da sua vida. Yaohushua morrera em seu lugar. Carregara a sua pesada cruz e nela, morrera em seu lugar. Teria Barrabás se convertido?

Quando Barrabás foi solto Pilatos perguntou: "Que farei de Yaohushua?" Aquela turba assassina, movida por ha’satan, escolheu crucificar o amado Filho de UL’HIM. Que péssima escolha fizeram!

Nicodemos, ao ver Cristo erguido na cruz, lembrou-se das palavras que Ele proferira à noite, no Monte das Oliveiras: Como Moisés/Mehushua levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado; para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Jo 3:14 e 15. Naquele sábado, enquanto Yaohushua Se achava no sepulcro, Nicodemos teve ensejo de refletir. Uma luz mais clara iluminou-lhe o espírito, e as palavras que Yaohushua lhe dirigira não continuaram mais um mistério para ele. Sentiu haver perdido muito por não ter-se ligado ao Salvador enquanto Este vivia. Recordou então os acontecimentos do Calvário. As súplicas de Cristo por Seus assassinos e a resposta que dera ao pedido do ladrão moribundo tocaram a vida do douto membro do conselho. Vislumbrou de novo o Salvador em Sua agonia; tornou a ouvir o derradeiro grito: "Está consumado" (Jo 19:30), proferido como palavras de um vencedor!

Viu novamente a terra cambaleando, os céus enegrecidos, o véu rasgado, as rochas fendidas, e sua fé para sempre se estabeleceu. O mesmo acontecimento que destruiu a esperança dos discípulos, convenceu José/Yaohu’saf de Arimatéia e Nicodemos da divindade de Yaohushua. Seus temores foram vencidos pela coragem de uma firme e inabalável fé.

Nicodemos passou aquele sábado pascal relembrando as palavras de Yaohushua. Nicodemos e José/Yaohu’saf de Arimatéia aceitaram a Yaohushua; fizeram a escolha acertada! Você já tomou a sua decisão definitiva ao lado de Yaohushua?

Brevemente, Yaohushua voltará a este mundo e nós, se aceitarmos a Yaohushua, estaremos lá na posse do CRIADOR, implantando finalmente o Seu reino de glória e perfeição aqui na Terra; estaremos longe das aflições e das consequências do pecado, que até então reinou neste mundo.

Yaohushua convida: "Vinde a Mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e Eu vos aliviarei”. Mt 11:28.

 

V. Nova Vida com Yaohushua - Marcos 16:1 a 16

A noite escura daquele Sábado anunciava o prenúncio de um novo dia, com os poucos sons da natureza já abafados pela penumbra. Yaohushua ainda deveria estar dormindo na sepultura fechada com uma grande pedra.

Os guardas atentos vigiavam o lugar, enquanto vigias invisíveis ali também estavam, como representantes celestes; anjos estavam ali para dar as boas-vindas ao Criador, que em breve iria reviver; chamado à Vida pelo Seu próprio Pai!

Muitos anjos maus também rodeavam o sepulcro, procurando conservar o Filho do ETERNO preso, para sempre.

De repente, pouco antes do pôr do sol, houve um grande terremoto provocado por um forte anjo do ETERNO, que desceu do céu. Este clamou em alta voz: "Filho de UL’HIM, o Teu Pai Te chama”!

Yaohushua saiu do sepulcro, gozando vida que havia em Si mesmo. "Eu Sou a ressurreição e a vida" (Jo 11:25), dissera Ele; e naquele instante se confirmou Sua declaração.

Iniciava-se o novo dia, o domingo, e as Marias/Maoro’hens chegam ao sepulcro e ouvem do Anjo: “Ele não está mais aqui, ressuscitou”! Mc 16:6. Ressuscitara no fim do sábado, e assim cumprira o único sinal que Ele daria de que realmente era o Messias esperado: o sinal de Jonas/Yao’nah, três dias e três noites na sepultura!!!

A primeira pessoa a ver Yaohushua ressuscitado foi MariaMaoro’hem de Magdala. Logo depois, chegaram outras mulheres trazendo também especiarias e perfumes para ungir o corpo de Yaohushua.

Yaohushua apareceu e falou à essas mulheres. Depois esteve conversando com Cleópas e seu companheiro de Emaús.

Apareceu aos apóstolos no cenáculo, estando Tomé/T’omah ausente. Uma semana depois, apareceu novamente aos apóstolos reunidos no mesmo lugar em Jerusalém/Yaosh’ua-oléym, agora Tomé/T’omah também estava ali.

Posteriormente encontrou-Se com sete dos apóstolos que estavam pescando no Mar da Galiléia, depois com os onze e assim, com mais quinhentos cristãos num monte; talvez o Monte das Bem-Aventuranças. Também apareceu a Tiago/Yaohu’kaf, seu irmão carnal. I Co 15:7.

Finalmente, quarenta dias depois de Sua ressurreição, despediu-Se dos discípulos e no Monte das Oliveiras ascendeu aos céus; para então sentar-se ao lado do Pai, que o Ressuscitara!

II. O SIGNIFICADO DA RESSURREIÇÃO para...

1. Pedro/Kafos

Quatro dias antes da cruz, Pedro/Kafos negara três vezes ao Seu Mestre. Yaohushua prevenira a Pedro/Kafos que sua confiança própria poderia levá-lo a fracassar. Sabendo que ha’Satan procuraria derrubá-lo disse: "Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; quando te converteres, fortalece os teus irmãos”. Lc 22:32. Mesmo assim, Pedro/Kafos negou vergonhosamente que era discípulo de Cristo, abandonou Yaohushua na hora mais difícil. O olhar bondoso de Yaohushua converteu o duro coração de Pedro/Kafos.

Agora, ao saber que Yaohushua ressuscitara, saíram correndo, acharam a sepultura aberta, observam o lençol dobrado e o túmulo vazio. Era bom demais para ser Verdade. Voltaram à cidade para informar o que viram. Yaohushua mandou um recado especial a Pedro/Kafos: "Diga a Pedro/Kafos que vá para a Galiléia e lá o verei. Mc 16:7.

Que teria o Mestre falado a Pedro/Kafos nessa entrevista pessoal? Por certo, ofereceu-lhe amorável perdão e ajuda para prosseguir no bom caminho da salvação.

Dias depois, lá junto ao mar da Galiléia, Yaohushua pergunta três vezes a Pedro/Kafos: "Tu me amas? Ele respondeu três vezes diante dos outros apóstolos: Sim, Mestre, Tu sabes que Te amo”. Então Yaohushua devolveu a Pedro/Kafos as credenciais de apóstolo, dizendo-lhe: "Apascenta as minhas ovelhas”. Três vezes Pedro/Kafos negara a Cristo, três vezes reafirmava o seu amor ao Seu Mestre e então, restaurado, tornou-se um grande pioneiro da pregação cristã.

2. ...os dois discípulos no caminho de Emaús

Ao entardecer daquele dia da ressurreição, todos os discípulos continuaram duvidando se realmente Seu Mestre revivera. Dois deles retornaram para casa em Emaús, aldeia distante 12 km de Jerusalém/Yaosh’ua-oléym, quando Yaohushua vem caminhar com eles. Cleópas, um deles diz: "...esperávamos que fosse Ele quem havia de redimir Israel/Yaoshor’ul, mas depois de tudo isto é já este o terceiro dia desde que tais coisas sucederam”. v.21.

Estas palavras revelam a decepção de todos os cristãos naquele dia. Yaohushua, porém, dissipou a tristeza, decepção e avivou-lhes a fé.

3. ...os onze Discípulos encontram-se com Yaohushua

Agora, não havia mais motivos de dúvidas. Yaohushua mesmo estava ali diante dos olhares surpresos e mostrou-lhes as marcas dos pregos nas mãos e nos pés.

4. ...mais de quinhentos discípulos

Yaohushua, que havia convocado seus discípulos para este último encontro com todos, manifesta-se a mais de quinhentos irmãos de uma só vez... I Cor. 15:6.

Foi a todos os cristãos reunidos ali que Yaohushua disse: Toda autoridade Me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto e fazei discípulos de todas as nações, ensinando-os a guardar todas as coisas que Eu vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século. Mateus 28: 19 e 20 cf. Mt 18:20. A honrosa comissão de pregar foi dada, não só aos apóstolos, mas a todos os cristãos.

A ressurreição trouxera esperanças; motivou a vida e a pregação dos seguidores de Cristo. Ela tirou as dúvidas e a incerteza.

Nosso CRIADOR veio nos dar vida abundante. Saúde e qualidade de vida superior.

Podemos confiar na Bíblia, o CRIADOR nunca falha. O que o CRIADOR promete Ele cumpre!

Graças, mil graças ao CRIADOR. Yaohushua ressuscitou, venceu e nós também venceremos.

 

APELO

Numa aldeia do Norte da Índia, um missionário pregava em praça pública. Depois da pregação, aproximou-se um maometano, dizendo:

- O senhor tem que admitir isto: temos uma coisa que os vocês cristãos não têm, e por isso nossa religião é mais rica que a sua.

- Gostaria de saber o que é - respondeu o missionário.

- Quando fazemos uma romaria à Meca, - disse o maometano - lá encontramos o túmulo, no qual se acha Maomé, mas quando o cristão vai à Jerusalém/Yaosh’ua-oléym, nada mais encontra senão um túmulo vazio. - Com um sorriso, respondeu o missionário:

- é exatamente aí que está a diferença entre nós e os senhores! Maomé está morto! Jaz em seu esquife, e nada mais pode fazer. Mas Yaohushua não está aqui, Ele ressuscitou! A Ele foi dado todo o poder. Esta é a nossa esperança!

Como não amar a quem tanto nos amou e ama?

Nós O amamos, porque Ele nos amou primeiro. O amamos e é natural servi-Lo. Nada é difícil para quem ama.

A sua e a minha maior necessidade é a de salvação e a maior ação do CRIADOR pelo planeta terra foi salvá-lo. Yaohushua é salvação. Ele quer salvar você agora mesmo com o maior amor possível. Este apelo é para batizados e não batizados; pergunto:

Você aceita agora o amor do CRIADOR para salvá-lo? Quer preparar-se para a breve VOLTA de Yaohushua a este mundo?

Quer continuar estudando a Bíblia para viver melhor, para fazer sua família feliz e gozar as delícias do reino do CRIADOR agora mesmo?

Que o CRIADOR o abençoe e aumente sua felicidade mais e mais enquanto você perseverar neste Caminho.

Vou pedir que coloquem uma música para este momento – Renuncia! – e enquanto ela toca, medite em sua letra e todo aquele que sentir em seu coração que devem realmente tomar esta decisão, coloque-se em pé e iremos orar por vocês...

 

Santíssimo Pai de Amor! Novamente estamos em Tua presença para agradecer-lhe o que fizeste por nós na cruz do calvário. Estamos muito gratos por ter Tocado os nossos corações com Yaohushua, agora em espírito onipresente, para que assim possamos compreender o Seu plano de Salvação iniciado no paraíso, que teve o Seu auge na cruz e ainda hoje continua em Seu Santuário Celestial. Aguardamos com ansiedade o Dia em que dirás: Feito está! Mas enquanto Yaohushua não vem, sonda as nossas necessidades físicas, materiais e principalmente as espirituais e na medida do Seu possível, abençoe-nos. Amado UL’HIM, estes agradecimentos e súplicas fazemos pelos méritos de Cristo na cruz do Calvário. Amém/Amnao!

 

LINKS: https://www.youtube.com/watch?v=QFslf_iGn4U [Tua Presença]

             https://www.youtube.com/watch?v=kF-zDflHMo8 [Renuncia]

VOLTAR

FINALMENTE!

CTA: Curso de Teologia Aplicada

   SAIBA MAIS...

Agora com Novos Cursos

 

Preencha o Formulário abaixo para solicitar um estudo sobre um tema específico ou dar a sua opinião sobre este estudo... Não fique com dúvidas!!!

ATENÇÃO: Verifique se o seu  email está certo; pois não teremos como responder [veja em sua caixa de email, a resposta]!

CONTATOS [015]

9 9191-8612

(CLARO)

 

9 9781-0294 

(VIVO)

9 8121-3482

(TIM)

 

falecom@cyocaminho.com

Horário de atendimento: 9:00/19:00hs -  Exceto das 17:00hs/sexta às 15:00hs/sábado [Reuniões do Shabbos] Horário de Brasília

 

 

DÚVIDAS

 
 

  foxyform

 

Pregue a Verdade; Presenteie uma ESN!!!

 A Verdadeira e única edição das Escrituras Sagradas segundo o Nome [ESN - EUC by CYC; Edição Unitariana Corrigida], totalmente sob a ótica de Jo 1:3 onde TUDO foi criado por Yaohushua, está disponível! ... Nesta edição, muitas passagens onde os judaicos [e trinitarianos] não identificam Yaohushua, Ele está claramente identificado... Além disto, TODOS os nomes de profetas, personagens e locais geográficos estão no Hebraico Arcaico, a língua original das Escrituras. Solicite o seu exemplar e livre-se do paganismo que impera nas bíblias trinitarianas!!!

Veja mais informações, modelos; e, solicite a sua sem Cartão de Crédito!

Com Cartão de Credito - Clic Aqui!

ADOTE ESTA ESCRITURA EM SUA CONGREGAÇÃO

 

CONHEÇA NOSSOS HINÁRIOS: ADVENTUS & A HARPA YAOSHORUL'ITA

LANÇAMENTO: AGENDA 2018 - EVANGELIZE PRESENTEANDO UMA AGENDA QUE CONTÉM O NT COMPLETO [CLIC]

- Lições trimestrais: Juvenil & adultos -

Use Nossos Materiais Evangelísticos e Divulgue a Verdade

 CLIC AQUI  para fazer o seu pedido!

 

 

Temas DVs

HOME

CYC

CONGREGAÇÃO

YAOSHORUL'ITA

O CAMINHO