SHEMA YSRAEL, YAOHUSHUA ELOHENU UL, YAOHUH  ECHAD! Dt 6:4.

Escuta Yaoshor'u! Yaohushua é o nosso Criador; o Eterno é um Só!

O NOME DO ALTÍSSIMO!

Exclua o item que desejar, chegando o mause no canto esquerdo, no doc que abrir!

Imprimir

Seu Verdadeiro Nome: Um Nome sem adulterações, sem alterações, sem invenções... Sem interferência cultural pagã nenhuma! Estamos nos livrando das heranças babilônicas, católicas e evangélicas pelo próprio Criador, o Verbos que se dez carne (Jo 1:1-3, 14; Hb 1:2)! Abra o seu coração e leia, analise aceite, para o seu próprio bem, dos seus familiares e do seu próximo!

Se o Messias nasceu em Yaoshorul (Israel), Ele era um yaohudim (judaico – Jo 4:23), e falava hebraico. Porque então deram-lhe um nome greco-romano? E porque a igreja católica o representa como sendo loiro, de olhos azuis? E pior, porque os “evangélicos” (que dizem odiar a igreja mãe, a ICAR) insistem em rejeitar a Verdade e continuam glorificando um nome falsificado pela ICAR?

Veja, o Messias tem o Nome do Seu Abi (Pai) em seu Nome! Jo 17:11, 12. E qual é o Nome do Seu ABI UL’HIM (PAI, o CRIADOR ETERNO, o Altíssimo)? 

 

O CRIADOR [o Verbo – Jo 1:3, 14 cf, vs. 18] revelou o Nome do Seu Pai a Mehu’shua:

Leia: 12O Criador insistiu: Eu estarei seguramente contigo. E a prova de que sou Eu próprio quem te envia será o seguinte: Quando tiveres levado o Meu povo para fora do Egypto havereis de adorar a UL’HIM aqui mesmo, nesta montanha. 13Mehu’shua replicou ainda: Se eu for ter com o povo de Yaoshor’ul e lhe disser que foi o UL dos nossos pais quem me enviou, eles vão perguntar-me - 'mas, de que Criador, estás falando-nos?' E o que é que eu lhes digo? 14-15AQUELE QUE É O QUE É, foi a resposta. Diz assim: AQUELE QUE É foi quem me mandou. Sim, diz-lhes: YAOHUH, o UL’HIM dos nossos antepassados Abrul’han, Yatzkh'aq e Yah'kof mandou-me ter convosco. Porque este é o Shuam (Nome) Eterno, a ser lembrado através de todas as gerações. Ex 3:12-15 – ESN

Lendo esta passagem em qualquer uma das nossas versões trinitarianas, vemos que o Nome foi suprimido para que o leitor “aceitasse” que QUEM ali fala e age, não é o Verbo (Jo 1:1-3, 14), mas sim o próprio PAI. Colocando os versos na primeira pessoa – Eu Sou! Mas Jo 1:18 já nos alertara: Ninguém, JAMAIS, viu ao Pai, senão àquEle que foi enviado, ou seja, o Filho, o nosso Criador e Redentor é que estava lá, falando com Mehu’shua! Os trinitarianos, com suas bíblias trinitarianas, paganizadas, não vêem o Filho no NT a despeito do próprio Sha’ul mostrá-Lo – I Co 10:1-4.

Veja, a Tanakh (Antigo Testamento) possui cerca de 7000 ocorrências do Nome do ETERNO. Este foi o primeiro grande alvo das hostes malignas: fazer sumir das Escrituras todas as quase 7000 ocorrências do Nome do Altíssimo. Conseguiram em parte este objetivo por meio dos tradutores corruptos e paganizados pelas doutrinas da ICAR. Muitos utilizaram a forma corrompida "Yahweh ou Javé (mais recentemente)", outros utilizaram a forma corrompida "Yehovah ou Jeová (mais recentemente)", e a maioria simplesmente substituiu todas as ocorrências do Nome pela palavra "SENHOR", com todas as letras maiúsculas. Mas, com certeza Ele quer que Seu Nome seja conhecido em toda a terra, para o nosso próprio bem.

...para que o MEU NOME seja anunciado em toda a terra - Ex 9:16

...para levar o MEU NOME perante os gentios, e os reis - At 9:15

Quantos nomes devem ser anunciados em toda terra: UM único ou diversos nomes não inspirados? Nome não inspirado, é Palavra que o Criador (o Verbo) não falou: Toda a planta, que Meu Pai celestial não plantou, será arrancada - Mt:15:13

- Vamos ver como surgiram os falsos nomes:  Os nomes do ETERNO que estão em nossas bíblias trinitarianas, são falsos, corruptos e pagãos. Tanto Jeováh, como Javé ou mesmo Iahweh (ou Yahweh, apesar de parecer hebraico) não são nomes inspirados. Como podemos ver, o que deveria ser um único Nome tem, só em português, três pronúncias totalmente diferentes...

- Sabemos, o hebraico não tem vogais: A língua hebraica, na qual o VT e alguns livros do NT, é escrito, não possui vogais, apenas consoantes; elas eram colocadas mentalmente somente na hora de ler ou pronunciar... Era como se fosse escrito: mndmnt e lido:  mAndAmEntO.

Próximo ao século VII DC, sábios judaicos, conhecidos como os massoretas (os Tradicionais - escribas judaicos que se dedicaram a preservar e cuidar das escrituras) criaram um sistema sinais que apontavam para as vogais e que foram colocadas junto ao texto original facilitando a pronúncia. Essas “vogais” eram colocadas acima, dentro ou abaixo das letras, no texto original, sem alterá-lo,

... veja:

O famigerado temor de profanar o Santo Nome:

Temendo que os estrangeiros (não judaicos), ao conhecer a pronúncia, profanassem o Santo Nome, esses rabinos colocaram junto ao nome do Altíssimo (YHWH) as vogais – os tais sinais massoréticos – da palavra ADONAI, com o lembrete ao lado: Qerê Qetib. Lembrando ao leigo de que deveriam ler ADONAI  [que em hebraico significa SENHOR – Adônis, o senhor/baal].  

Os judaicos sabiam que não deveriam misturar as consoantes de YHWH com as vogais de ADONAI [ou mesmo HA'SHEM – o nome...], pois seria uma palavra falsa; uma blasfêmia!

No entanto, os Sacerdotes [não os leigos] continuaram a pronunciar o Santo Nome na leitura e, publicamente, no dia da expiação (Yom Kipur).

Entretanto, mesmo com essa recomendação, foi exatamente o que aconteceu. Ocidentais, ao traduzirem as Escrituras para diversos idiomas, por desconhecimento, ignoraram esse lembrete [Qerê Qetib] e misturaram as consoantes do Nome YHWH com as vogais da palavra ADONAI, formando uma palavra híbrida, YeHoWaH, hoje Jeová; portanto, é a pronúncia errada da transliteração de uma palavra que na verdade nunca existiu como palavra e muito menos como nome do ETERNO. Os demais nomes, Javé e Iahweh, são erros semelhantes...

Os judaicos, que tem o conhecimento do nome, transmitido de forma oral, de pais para filhos, de geração em geração, nunca pronunciariam esses nomes falsos ao se referirem ao Altíssimo. Leia agora, o Salmos/Tehiliim 72:17...

Mas, como sabemos que a pronuncia é YAOHUH? Lembre-se: “O meu povo saberá meu nome” (mentiu ele?) - Is 52:6  

  • E se o meu povo, que se chama pelo meu Nome, .... II Cr 7:14

  • A todos os que são chamados pelo meu Nome e os .... Is 43:7

NOMES TEOFÓRICOS: são nomes que contém o Nome do ETERNO ou título divino formando uma expressão. Em hebraico existem muitos nomes dessa natureza.

No quadro abaixo, alguns nomes em hebraico que contém o nome do Altíssimo... Mesmo hoje em dia, existem pessoas com nomes dessa natureza em Israel (veja o nome do atual 1º ministro e ouça nos noticiários da TV como o seu nome é pronunciado):

NOME

Hebraico

Transliteração

&

Pronúncia

"TRADUÇÃO"

Português

(corrompido)

ירמיהו

IarmiYâhu

IarmiYaohuh

Yaohuh exalta

[estabelece]

Jeremias

יצשיהו

IsheYâhu

IsheYaohuh

 

Yaohuh é Salvação

Isaías

אליהו

ULYâhu

ULYaohuh

Yaohuh é Criador

Elias

Agora, entendido que a pronúncia do nome do Altíssimo, segundo as escrituras originais, começa com YAH, [Halelu-YAH] e conhecendo-se que os nomes teofóricos trazem a pronúncia completa [Yâhu àYaohuh], identificamos a pronúncia correta do Nome do Altíssimo.

O Nome do Altíssimo é YAOHUH.

• Qualquer um pode confirmar a pronúncia no dicionário hebraico-inglês STRONG. Ver nomes teofóricos, abaixo.

Nota: Muitos “eruditos” (Rm 1:22) aplicam as regras gramaticais do hebraico moderno, por ignorarem que este, atual, não é o hebraico bíblico; falado nos dias do Messias... Assim, discordam que o Nome seja YAOHUH (isto quando não vem um “judaico” afirmando que ‘ninguém’ conhece o Nome (como se lê o tetragrama); que o Nome se perdeu – chamando com isto, o CRIADOR de mentiroso; lembre-se: “O meu povo saberá meu nome” - Is 52:6 [cf. Ex 3:14,15 em uma Escritura não corrompida; veja: AQUELE QUE É O QUE É, foi a resposta. Diz assim: AQUELE QUE É foi quem me mandou. Sim, diz-lhes: YAOHUH, o UL’HIM dos nossos antepassados Abrul’han, Yatzkh'aq e Yah'kof mandou-me ter convosco. Porque este é o Shuam (Nome) Eterno, a ser lembrado através de todas as gerações – ESN [Escrituras Sagradas segundo oNome; EUC – Edição Unitariana Corrigida by CYC].

Para os céticos:

“A” ou “AO”

Qamats - O massorético "qamats" pode representar a vogal "A" longa, ou a vogal "A" curta, não havendo diferença no sinal massorético entre os dois casos. Somente pelo conhecimento da etimologia da palavra somos capazes de saber se estamos diante de um "Qamets Gadol" (qamets longo) ou de um "Qamets Qaton" (qamets curto).

 Página 11 do livro Gramática Hebraica de Gordon Chown - Como ler o Antigo Testamento na Língua Original

No caso da vogal "A" curta, o "QamAts Qaton", o som realmente pronunciado não é de "A", mas sim, de uma sonoridade entre o "A" e o "O", mais fácil de pronunciarmos [nós brasileiros] se usarmos o ditongo decrescente "AO", apesar da "regra" dizer que não há ditongo no hebraico!!!

- Você certamente conhece a expressão: “Halelu – YAH”

Embora seja uma expressão conhecida no mundo todo, poucos sabem o que ela significa realmente.  Ela contém parte do nome do Altíssimo [YAH] -[lê-se da direita p/ esquerda]

 

Hebraico original

הלל־יה   

Hebraico / Transliteração

Halelu

YAH

Tradução

Louvem

YAH

YAH = YAHU (YAH, abreviação de YÂHU)

Halelu-YAH significa: Louvem YAH!  ...ou Louvado seja YAH!

Não se deve traduzir YAH, pois é um Nome e ... nomes próprios não se traduzem; principalmente os Nomes bíblicos, sob pena de se perder a Teofania, ou seja, o seu sentido profético.

Encontramos muitas passagens em que o Nome é escrito de forma abreviada, pronunciado YAH.

 (Ex 15:2)  עזי וזמרת יה ויהי־לי לישׁועה זה אלי ואנוהו אלהי אבי וארממנהו׃

O Senhor é a minha força, e o meu cântico; ele se tem tornado a minha salvação; é ele o meu Deus, portanto o louvarei; é o Deus de meu pai, por isso o exaltarei. (JFA).

Para você que está chegando agora, esta versão acima (JFA) está mais que coerente, uma vez que, até hoje, você foi condicionado a usar os títulos DEUS e SENHOR para o Altíssimo, julgando que isto seria uma altíssima reverência!

No entanto, todas estas versões [Almeidas, Thompson, católicas, pentecostais, testemunhas, etc] foram corrompidas por “tradutores corruptos”! Isto porque TODAS vieram da VULGATA, uma versão latina produzida no V século pela emergente ICAR (Igreja Católica Apostólica Romana). Nela [baseando na versão grega da Tanak, a dos Setenta], onde o Tetragrama [YHWH] foi substituído por “Kyrios” (SENHOR = Baal, ídolo assírio) e a palavra CRIADOR (UL), primeiramente por EL (o pai de BAAL) e posteriormente - quando não aparecia na composição de Nomes - como DEUS (ZEUS)...

Isto tudo foi facilitado pela satânica doutrina da trindade (onde tudo é ‘deus’), introduzido pela ICAR, uma igreja politeísta que desvirtuou o cristianismo com suas doutrinas advindas do paganismo tais como o nascimento virginal; datas festivas fora das Escrituras tais como o Natal em 25 de dezembro e uma data extra bíblica para a páscoa, além do nefasto domingo como o dia do Criador; a doutrina pagã do ‘ir para o céu’; imortalidade da alma; etc... Mais recentemente os crentes pentecostais – ávidos para ir para o céu – criaram o funesto “arrebatamento secreto” (além do falar em línguas estranhas; uma possessão demoníaca) – TUDO SEM APOIO BÍBLICO; mas isto já é outro assunto...

Agora leia a mesma passagem em uma Escritura não corrompida pela ”trindade”: Canto a UL porque triunfou gloriosamente, lançando ao mar os carros e os cavaleiros. YAH é a minha força, o motivo do meu cântico. Ele é a minha salvação. É o meu Criador, por isso o louvarei e orarei a ele. É o UL dos meus antepassados, por isso lhe darei glória. Ex 15:2 – percebe de Quem se fala???

Voltemos ao Nome e você perceberá! Muitas vezes o tetragrama [YHWH] não aparece completo; principalmente na composição de Nomes... Quando aparece de forma isolada, pelo contexto, temos que aponta para o CRIADOR e, segundo Jo 1:3,14 (Hb 1:2), trata-se do VERBO, ou seja, o Filho do ETERNO que se fez carne e habitou (tabernaculou) entre nós! Jr 10:12; 51:15; Is 40:12,22; 42:5; 45:12; Pv 3:19; Jó 38:4;

Mas, o Yah em hebraico, também foi mudado em português para SENHOR, tirando a percepção do estudante das Escrituras sobre de QUEM se fala no texto onde aparece... Lembre-se, para o trinitariano, tanto faz se estamos falando do Pai ou do Filho; tudo é um só, é deus! ... principalmente no VT onde NENHUM trinitariano enxerga o Filho, isto é, o VERBO! Isto já estava acontecendo nos dias dos apóstolos e não foi por acaso que João/Yao’khanan inicia o seu evangelho, colocando os pontos nos “is”... Por isto, ao ler o VT em uma destas versões trinitarianas (almeidas, etc) tenha sempre em conta Jo 1:18 – Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou.

ATENÇÃO: Se na sua versão estiver escrito “Ninguém jamais viu a Deus. O DEUS unigênito, que está no seio do Pai, esse o deu a conhecer”, então ela está extremamente corrompida – jogue-a fora – pois no original está escrito “Filho Unigênito” e não “deus” como a sua versão quer induzi-lo a crer assim!!!

Agora leia esta mesma passagem em uma Escritura unitariana, não corrompida: ...Nunca ninguém viu YAOHUH. Mas, o seu único ha’Bor (Filho), que vive na intimidade de YAOHU’ABI, no-lo revelou.

E releia Ex 15:2 acima e perceba a diferença... Perceba de Quem o profeta estava falando!!!

 

O VERDADEIRO NOME DO MESSIAS, O SALVADOR

O Nome do Messias, o filho unigênito do Altíssimo, o filho do Pai Eterno, é  יהושצ (o hebraico é lido da direita p/ esquerda) que é pronunciado IAURRUSHUA ou YAOHUSHUA e cujo significado é: a Salvação de Yaohuh ou Yaohuh Salva. Cf. Mt 1:21... porque Ele salvará Seu povo; disse o Anjo!

Os homens, uns por ignorância, outros por má fé, vem ao longo da história omitindo o conhecimento dos verdadeiros nomes ao povo escolhido. [Lembra-se? ...se possível fora, enganariam até os escolhidos - Mt:24:24]. Você que está recebendo este conhecimento agora; saiba utilizá-lo, pois não são todos os dirigentes de igrejas que tem o conhecimento dos nomes sagrados. Parte não é culpa deles. Eles aprenderam errados e, embora tenham boa intenção (será?), continuam a ensinar errado; agindo assim, estão a serviço de ha’satan.

Entretanto, alguns dirigentes (inclusive os Testemunhas de Jeová, aja visto as notas de rodapés de sua TNM de estudos), sabem que os nomes que estão em nossas bíblias; “Jeováh”, “Javé”, “Iahweh”, “Iesous” são falsos. São nomes inventados pelos homens, não inspirados. Esses dirigentes embora saibam disso, não tem força e nem coragem para explanar essa verdade ao povo, o que é um direito de todos: saber a Verdade! Libertar-se ... Jo 8:32 (leia o contexto)!

A que ponto chegamos: Medo de dizer a Verdade!?! Esses dirigentes só tem medo ou estão a serviço de ... ?

Oh! Altíssimo Pai, afasta de nós:

• A Covardia: por não aceitar a revelação da Verdade!

• A Preguiça: por se conformar e aceitar meias-verdades!

• A Prepotência: por pensar que somos donos da Verdade!

Assim seja (amnao/amém)!

 

AS TRADUÇÕES DAS ESCRITURAS

Não podemos desprezar o grande trabalho dos sábios e eruditos que traduziram as nossas bíblias, pois é por esse trabalho que temos em nossas mãos as sagradas escrituras em nosso idioma. Entretanto, uma tradução não é uma revelação inspirada, mas sim, um trabalho técnico. 

Antes, existiam traduções somente para os idiomas grego e latim e já eram omitidos os sagrados Nomes. Quando as escrituras começaram ser traduzidas para os idiomas de cada país, permaneceram sem os nomes sagrados.

Lembre-se: os apóstolos só conheceram dois Nomes sagrados: O Nome do Pai, YAOHUH, revelado pelo filho [Jo 17:26 cf. Ex 3:14-15] e o Nome do filho, YAOHUSHUA, que conviveu com eles (em algum lugar está escrito o “nome” do 3º deus da trindade?). Os apóstolos nunca ouviram falar dos nomes Iesous, IESU, Jesus, Isah, iisusa, Ihu Krait, e outros tantos nomes que apareceram nos séculos seguintes.  

 

Ano Aproximado

Nomes

Nome em função de Tradução

Até ano 33

Yaohushua

Original, trazido pelo anjo

60dC

Yeshua

Abreviado pelos judaicos

100dC

Iesous

Trad. Grego

400dC

IESU

Trad. Latim

1.500dC

Jesus

Trad. Português

Agora, após tomar conhecimento desse fato verdadeiro (confirme isso), leia e responda para você mesmo: E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. Atos:4:12.

• Se debaixo dos céus, ou seja, em cima de toda a terra, só existe UM NOME para salvação, qual desses nomes acima, será?        

• Com que Nome era salvos os homens, se o nome Jesus somente apareceu próximo ao ano 1500, ou seja, séc. XV?

Sha’ul, inspirado pelo Criador [Yaohu’shua em espírito onipresente, desde o Pentecostes], nos advertiu de que no futuro apareceriam outros nomes, mas que não seriam superiores ao nome que Ele recebeu e com o qual foi exaltado.

• Por isso mesmo YAOHUH o elevou às posições mais altas e lhe deu um Shuam (Nome) que é superior a todos os nomes - Fl 2:9

• ...acima de todo e qualquer maoro’hé (mestre) que possa governar sobre a terra, acima de todo o poder e de toda a autoridade que possa existir. O Shuam (Nome) de Yaohu'shua ultrapassa em autoridade não só todos os que dominam neste mundo atual, como no mundo que há de vir - Ef 1:21.

 

A importância do conhecimento dos Verdadeiros Nomes

 

a. Confiança no Verdadeiro Nome

• Torre forte é o nome de יהוה/Yaohuh; a ela correrá o justo, e estará em alto refúgio. Pv18:10   [estaremos seguros com um nome falso?]

• Porquanto tão encarecidamente me amou, também Eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu Nome. Sl 91:14

• Em ti confiarão os que conhecem o teu Nome; porque tu, יהוה/Yaohuh, nunca desamparaste os que te buscam. Sl 9:10

• Há quem confie em exércitos e em armamentos, mas, nós afirmaremos a nossa confiança total no Shuam (Nome) de YAOHUH, nosso UL'HIM. Sl 20:7 – ESN

 

b. Salvação crendo no único nome que salva

• E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. At 4:12

• Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no Nome do unigênito Filho de יהוה/yaohuh  Jo 3:18

• Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de יהוה/YAOHUH, aos que crêem no seu Nome [de Yaohu’shua]; Jo 1:12      

• Porque todo aquele que invocar o nome do יהוה/YAOHUH,  será salvo. Rm 10:13.

E quem é o mentiroso? É o homem que nega que Yaohu'shua é hol’Mehushkyah (o Messias). Toda a pessoa que não crê em YAOHUH, ha-ABí (o Pai), e no seu filho, é um anti-messias. Porque uma pessoa que não crê em hol’Mehushkyah, ha’Bor de YAOHUH, rejeita igualmente YAOHU’ABI; mas, aquele que confessa ter hol’Mehushkyah no seu coração tem também YAOHU’ABI. I Jo 2:22-23 – ESN; Cadê a trindade??? Cf. Jo 14:21, 23.

 

c. Maldições por não dar honra ao Verdadeiro Nome

• Um filho honra ao seu pai; um servo honra ao seu maoro’hé. Eu sou vosso pai e vosso Criador e, contudo os sacerdotes não me prestam honra nenhuma; antes desprezam o meu Shuam (Nome).  Ml 1:6

• Se não modificarem a vossa conduta e não derem glória ao meu Shuam (Nome), mandar-vos-ei uma terrível punição e em vez de vos dar bênção, como gostaria de fazer, voltar-me-ei contra vocês com maldição. Na verdade, até já vos amaldiçoei, porque não levaram a sério as coisas que reputo por mais importantes. Ml 2:2

• Deixa cair a tua cólera sobre as nações pecadoras, que não te conhecem, e sobre os povos que não querem invocar o teu Shuam (Nome), mas, não sobre nós. Sl 79:6

[Exceto Israel/Yaoshor’ul, demais povos são nações que não invocam seu Nome]

 

d. Só UM Nome sobre toda a Terra

      • Ouve, Israel,   é o nosso Deus, יהוה é  único... Ouve, Yaoshor’ul: יהוה/YAOHUH é UL’HIM; יהוה/YAOHUH é único. Dt 6:4

      • O CRIADOR será Rei em toda a terra. Naquele dia haverá apenas um CRIADOR – somente o Seu nome será adorado. Zc 14:9

 

e. Um Nome sobre todo nome...

      • Por isso mesmo YAOHUH o elevou às posições mais altas e lhe deu um Shuam (Nome) que é superior a todos os nomes. Fl 2:9

      • E é assim muito superior aos anjos, como prova o seu Shuam (Nome) excelso. Hb 1:4

 

f. Yaohushua, o Filho, ensinou o Nome do Pai aos homens...

      • Então declararei o teu nome aos meus irmãos; louvar-te-ei no meio da congregação. Sl. 22:22  [a Profecia cf. Ex 3:15]

      • E eu lhes fiz conhecer o teu Nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja. Jo 17:26 [o Cumprimento]

     • Manifestei o teu Nome aos homens que do mundo me deste; eram teus, e tu mos deste, e guardaram a Tua Palavra. Jo 17:6

Agora vou deixar o mundo e deixá-los a eles também, para ir para junto de ti. YAOHU’ABI, guarda-os em Teu Shuam (Nome), o Shuam (Nome) que me deste, para que permaneça unidos, como nós estamos unidos. Durante o tempo que aqui estive, tenho conservado seguros em Teu Shuam (Nome), o Shuam (Nome) que me destes, guardando-os de modo que nenhum se perdeu, exceto aquele que tinha de perder-se, conforme predisseram a Tanakh. Jo 17:11-12

 

g. O Nome sempre existiu. É um nome Eterno.

Alguns para não confessar o Nome Verdadeiro, dizem que a pronúncia se perdeu no tempo e ninguém mais a conhece; uma pronúncia que até o Jornal da TV nos fala quando traz notícias sobre Israel, falando do seu 1º ministro, Benyamin Netanyahuh (no hebraico moderno)!

Essa é uma desculpa da carne (satânica). A Palavra inspirada são estas:

• O meu povo saberá meu Nome. Is 52:6

•  O seu Nome permanecerá eternamente; o seu Nome se irá propagando de pais a filhos enquanto o sol durar, e os homens serão abençoados nele; todas as nações lhe chamarão bem-aventurado. Sl 72:17

• Mas tu,  יהוה/YAOHUH , permanecerás para sempre,  o teu Nome será lembrado por todas as gerações. Sl 102:12 cf. Ex 3:15

 

Ajuda adicional para o bom entendimento:

Tradução: é a substituição de uma palavra de outro idioma por uma palavra correspondente, no nosso idioma; Ex: Green (Inglês) = Verde (Português)

Transliteração: é a forma de representar a pronúncia de uma palavra do idioma original, com letras de nosso idioma.  

Hebraico: escrita original

Transliteração

 [como se pronuncia]

Tradução p/o português

יומ

YOM

DIA

שבת

SHABAT

SÁBADO

NO ENTANTO: Se traduzirmos nomes próprios, produziremos aberrações; veja:

George Bush (ex-presidente americano) = Jorge Arbusto!

James Baker (ex-secretário americano) = Tiago Padeiro!!!

OBS: Portanto, um PIERRE nascido na França, estando no Brasil vai continuar sendo chama de Pierre e não de Pedro! Então, porque para o Nome do nosso Criador e Redentor, TRADUZIRAM para “jesus” e com isto, perdeu-se toda a sua teofania! E pior, no VT, temos algumas pessoas que tinham o mesmo Nome que Ele... No entanto, os corruptos “traduziram” seus nomes para Josué! Nem na corrupção eles conseguem ser coerentes e VOCÊ, mesmo assim, continua resistindo ao Nome.

Irmãos em Yaohushua invocam e confiam no mesmo nome, e isso independente do país em que vivam ou estejam. 

 

Lembremos os grandes mandamentos de Yaohushua

• Amarás, pois, a Yaohuh teu UL’HIM de todo o teu coração, com toda a tua vida, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outros mandamentos maiores do que estes. Mc 12:3-31 [Aqui não ocorreu a substituição da Lei Moral,apenas foi mostrado o FOCO – cf. Mt 5:17-19; leia Rm 13:9].

Como buscar? Seja sincero!

• Então dali buscarás a  יהוה/YAOHUH,  teu UL’HIM, e O acharás, quando o buscares de todo o teu coração e com toda a tua vida. Dt 4:29

SALVAÇÃO  não é,  necessariamente, fazer parte de uma denominação. Denominações não salvam; antes podem fazer nos perder ao nos ensinarem falsas doutrinas! Ef 5:25 é o nosso parâmetro (Mt 5:48). Só a Verdade Liberta, só a Verdade salva!

Por isto, como seu nome é Único [hebraico], só deve haver uma pronúncia em toda a terra. Porém, pelo erro de homens, ainda existem vários nomes não inspirados com diferentes pronúncias: [Jeová, Javé, Iahweh, Isah, Ihu Krait]. Mas, as Escrituras garantem que é um ÚNICO NOME:

E hwhy será rei sobre toda a terra; naquele dia UM será hwhy, e UM será o seu Nome. Zc 14:9

Veja, o texto tem o tetragrama, mas muitos atribuem esta passagem ao nosso Criador e Redentor, o FILHO do ETERNO devido ao contexto estar falando da Volta do Messias. Mas, o Filho contém o Nome do Seu Pai, não só o Nome (o tetragrama) como também a palavra Salvação [shua]*, conforme o Anjo explicou a Yao’saf (José), na concepção! Mt 1:21.

* Alguns “eruditos” afoitos, agora querem tirar o “shua” (salvação) e substituir por “sha” que é o nome do Verbo “salvar”...

Então como entender esta passagem? Lendo I Co 15:27-28 - Porque foi dada a hol’Mehushkyah, por seu YAOHU’ABI, a autoridade e o domínio sobre todas as coisas, exceto, naturalmente, sobre o seu próprio YAOHU’ABI, que foi quem lhe deu esse poder de domínio. 28Quando hol’Mehushkyah tiver finalmente ganho a batalha contra os seus inimigos, então ele, ha’Bor de YAOHUH, por-se-á a si próprio também sob a autoridade de YAOHU’ABI, para que YAOHUH, que lhe deu a vitória sobre tudo, seja absolutamente supremo. Isto ocorre após o milênio, quando tudo estiver refeito, então o nosso Criador e Redentor entregará o Reino ao REI dos Reis, Seu ABI!

Quanto à forma JESUS [Vulgata, latina], temos muitas variantes... A Igreja de Roma [ICAR] compôs um nome blasfemo para o Redentor a partir de nomes de divindades gregas e romanas. Para isso juntaram o J (de Júpiter; Iuppiter) e ESUS - deus das florestas da Gália antiga, o qual TAMBÉM, fazia parte de uma trindade divina: ESUS/TEUTATES/TARANIS; deuses aos quais se ofereciam sacrifícios humanos). Para a seita este tal Esus, um deus romano, era chamado de o terrível Esus; por ser o deus dos trovões, do raio e da tempestade...

Já os gregos escreveram o nome IESOUS em sua versão dos Setenta (Septuaginta; 6 séculos antes da Vulgata), que também foi formado por duas divindades pagãs: IO (a amada de Zeus) e o próprio Zeus.

Além do mais,  o nome Jesus quando escrito em hebraico daria "Yesus" o qual teria um significado blasfemo assim:

Je = Ye = ‘deus’ e a palavra SUS = cavalo. Assim, o significado do nome Jesus em hebraico seria: "deus é cavalo" ou simplesmente "deus Cavalo", referência a uma divindade pagã!

Realmente existem vários sites afirmando que o NOME do Messias seria: Yehoshua, Yeshua, Tupã, Isa, Jesus, Iesous, Ieso, Olorum, etc. Mas, em relação ao nome JESUS, nos diferentes idiomas falados no mundo, é notável a imensidade de variações idiomática para citar o único NOME [corrompido como ‘jesus’] que o Messias possui, veja:

Jesus - Africâner

Jesús - Catalão

Jesús - Espanhol

Jezu- Albanês

Jezus - Esloveno

Jesus - Dinamarca

Jesus - Alemão

Jeesus - Estoniano

Jesus - Norueguês

Xesús - Galego

Isus - Romeno

Jesus - Tagalo

Chúa Giê-xu - Vietnamita

Jezus - Húngaro

Jezus - Polonês

Isus - Croata

Yesu - Suaíle

Jesus - Sueco

Ісус - Bielo-rússio

Jėzus - Lituano

Jesús - Islandês

Gesù - Italiano

Jésus - Francês

Jēzus - Letão

Jezi - Coreano haitiano

Iesu - Galês

Jeesus - Finlandês

Ісус - Ucraniano

İsa - Turco

Alpha - Armênio

Isa - Malaio

Íosa - Irlandês

Isa - Indonésio


Isto de fazer o mundo acreditar que o Messias pode ter mais de um NOME é com certeza uma das maiores armadilhas do inimigo; hoje podemos, por exemplo, ver pessoas afirmando que: "não importa o NOME do Messias, mas sua autoridade e caráter"... E estas mesmas pessoas costumam se justificar dizendo algo como: "Mary é a tradução de Maria", ou "John é a tradução de João" (ou vice-versa). Reafirmamos, estas pessoas que dizem isto, não compreenderam que nomes próprios não são traduzíveis, mas transliteráveis, como vimos acima.

Jamais poderíamos chamar o ator americano Nicolas Cage de Nicolau Gaiola (outra aberração produzida por tradução de Nomes próprios), pelo simples fato de que se os nomes próprios fossem traduzidos, eles perderiam seu real significado ou pior, adquiririam “novos” significados indesejáveis!

E em se tratando do NOME do Messias, o significado de seu NOME é de benção, pois sabemos:

YAOHUSHUA = YAOHUH (NOME do Pai) + SHUA (Salvação)

Veja este verso:

Matt’YAOHUH (corrompido como "Mateus") 1:21 - Ela terá um filho a quem porás o Shuam (Nome) de Yaohu'shua [corrompido como "Jesus"], porque Ele salvará o seu povo dos seus pecados.

Perceba o porquê do ETERNO, através do Seu Anjo, ter anunciado este NOME para seu Filho: porque Ele salvará o Seu povo dos seus pecados...

As supostas "versões traduzidas" para os NOMES Sagrados é um erro tremendo, pois os NOMES perderiam sua originalidade, além, do seu sentido profético (teofania) embutidos neles.

Agora Imagine, por exemplo, se alguém fosse condicionado a crer quando criança que o NOME do Messias fosse Satan, com certeza esta mesma pessoa quando adulta estaria crendo que realmente estava falando o NOME original do Messias [e neste momento estaria sendo irredutível em aceitar a Verdade], mas sabemos que isto não seria fato.

Perguntamos: Se o NOME do Messias não importa, então porque estas pessoas não põem em seus filhos o nome Belzebu ou Satanás?

A resposta pra isso é muito simples, todos sabem da importância que um nome tem; o quê dirá o NOME daquele que é único para nos Salvar?

Relembrando também: Se no Brasil você se chama José, seu nome não será Yao’saf. Pois os dois são nomes diferentes, e não traduções. Da mesma forma é o Nome do verdadeiro Messias: Yaohushua. A tradução de Yaohushua não é ‘jesus’. O nome do Messias não pode ser modificado e adulterado.

NESTE MOMENTO EU SEI QUE VOCÊ ESTÁ QUERENDO FAZER UMA PERGUNTA (a mais comum entre os que resistem ao Nome):

- Mas, quantas graças e bênçãos eu já consegui em “nome de jesus”; isto não prova que o Nome não importa, mas sim o coração de quem pede?

Prepare-se, não fique chocado, mas DUAS coisas podem ter acontecido nestas “respostas”:

A PRIMEIRA: O ETERNO, por sua Benignidade, pode ter agido; mas certamente não em Sua plenitude – leia At 17:30.

A SEGUNDA (e mais provável): Pegue agora a Sua bíblia e lei a Mt 7:21-23 e me responda: se aquele servo profetizou, curou, fez milagres, e o Messias, mesmo assim diz que não o conhece; então QUEM agiu nestas “bênçãos” [qual poder esteve presente]?

Nota: Ali no v. 23 diz: ...vos que praticais a iniquidade! Esta palavra vem de “ignomia” que significa “viver sem a Lei”; ou seja, se estas [você] não seguem a Lei Moral, como pode o Messias operar? E, se estas mesmas pessoas que “oraram” por você, também renegam a Lei [principalmente o 4º mandamento], com que poder estariam elas agindo/operando? Certamente que com o poder de Cristo – Ele já disse - não foi; ha’satan agiu!!!

Veja, para manter as pessoas no erro, o inimigo pode até se transformar em Anjo de Luz; não é à toa que a ICAR o chama de Lúcifer!!!

 

Os crimes contra o Nome do Criador

Como já estudamos à luz das Escrituras, até aqui, a identificação pelo Nome é fundamental para nossa invocação e nossa consequente salvação. Se não identificarmos e invocarmos corretamente, não podemos esperar salvação, pois "em nenhum outro há salvação", e o único que nos pode realmente salvar precisa ser identificado por nós com exatidão, uma vez que seres espirituais invisíveis só podem ser identificados pelos seus nomes e nada mais!

Assim, é fácil entendermos a grande preocupação e trabalho que os seres espirituais malignos empreenderam num grande esforço para ocultar, corromper e fazer todo o possível para que o Nome do Criador e do seu Messias não fossem mais cogitados ou sequer conhecidos. Para isso, o alvo deles se tornou as Sagradas Escrituras.

A entrada dos impostores

Ora, o que é o trabalho iníquo de um impostor? É simplesmente colocar-se no lugar do verdadeiro, e fazer-se passar pelo verdadeiro, de modo a receber as honras do verdadeiro e ser cultuado como se verdadeiro fosse. Qualquer que se faz passar por outro, está, de fato, desejando usufruir de algo que o outro possua ou mereça, ainda que o impostor não possua e não mereça nada. 

Com relação a seres espirituais invisíveis, o trabalho do impostor fica extremamente facilitado. Como a única identificação existente para seres espirituais são os seus nomes, é simples entendermos que ao substituir o Nome verdadeiro pelo nome de um ser maligno, fica o impostor estabelecido diante de todos os que forem enganados por tal substituição. Esteja certo o leitor que nenhum dos nomes substitutos do verdadeiro é apenas um nome inventado ao acaso, mas representa sempre o nome ou referência a um ser maligno impostor que ali se colocou com o intuito de ocupar aquela posição por usurpação, e receber indevidamente aquilo que pertence ao verdadeiro Criador. Afinal, desde o princípio, o que as hostes malignas sempre desejaram foi "serem como o Criador", pela soberba de seus interiores. Leia Ez 28:11-19; compare com Is 14:12-120 e veja que o seu único intento – de ha’satan - é ser adorado... E, na cruz, fez a oferta: ...se me adorares, prostrado, lhe darei tudo isto! Mt 4:9.

No reino espiritual, identificamos os seres espirituais pelos seus nomes, e fica muito claro que ao invocarmos um nome diferente, estaremos invocando um outro ser espiritual, pois cada nome se refere a um ser espiritual. Por isso, ficou muito simples para os seres malignos se colocarem como impostores, apenas usando os tradutores corruptos das Sagradas Escrituras para corromper, ocultar ou substituir os Nomes verdadeiros. 

REVENDO: Nomes e títulos onde os impostores entraram

SENHOR - O mais comum de todos é o título "SENHOR", escrito com todas as letras maiúsculas, no Antigo Testamento, ou "Senhor", escrito apenas com a primeira maiúscula no Novo Testamento. Ora, a palavra "senhor", seja escrita da forma que for, é a tradução literal do hebraico "baal", que é o nome do ídolo com o qual o povo judaico mais adulterava. Por meio dos tradutores corruptos, este ser maligno "baal" substituiu todas as ocorrências do Nome do Criador nas escrituras traduzidas, de modo a que as pessoas passassem a invocar "senhor" continuamente, em vez de invocar o Nome do ETERNO, YAOHUH (IAORRU). Se você tem em casa a Bíblia de Almeida ou a Bíblia de Genebra, é fácil verificar que o Nome do Criador simplesmente foi extirpado de lá, sendo substituído pela palavra "SENHOR" com todas as letras maiúsculas. Para alguém que minimamente conheça um pouquinho de hebraico, perceberá que em hebraico não há diferenciação de maiúsculas e minúsculas, além de saber também que "baal" é o nome de um ídolo muito cultuado pelo paganismo judaico em seus desvios, conforme relatado nas Sagradas Escrituras. Leia I Rs 16:31-32.

EL ou ELOHIM - Os cultos mitológicos pagãos primitivos possuíam um ídolo chamado "EL", que também origina a forma corrompida "ELOHIM". Afirmam os relatos mitológicos pagãos que EL vinha a ser pai de BAAL. Para os que já são de alguma forma familiarizados com as Escrituras, irão perceber que o nome "Belzebu", um dos nomes malignos referidos nas escrituras, tem, na verdade, origem em "Baal zebub" cujo significado é "senhor das moscas". A forma correta do título escritural original que se refere ao Criador é “UL” ou “ULHIM” (UL-RIM)" para o PAI, e não EL ou ELOHIM. A palavra original "UL ou ULHIM (UL-RIM)" possuem o significado de "Criador". A forma UL é a forma singular pura; sempre atribuída ao Verbo (Jo 1:3,14 cf. Hb 1:2). A forma ULHIM (UL-RIM) é uma forma que pode tanto ser usada para o singular como para o plural, exatamente como ocorre com a palavra "lápis" em português (1 lápis, 2 lápis); no entanto, pelo contexto é sempre aplicada ao PAI (YAOHUH) e portanto, torna-se um superlativo! A forma original UL e ULHIM (UL-RIM) foi facilmente corrompida para EL e ELOHIM, de modo a introduzir o impostor EL – pai de Baal - nas invocações dos incautos, e receberem o impostor como se verdadeiro fosse. Está presente em praticamente todos os Nomes dos profetas e personagens bíblicos, a exemplo de Dayan’ul que foi corrompido para DaniEL!

EL SHADDAY - Pelas razões já explicadas acima acerca de "EL", essa forma muito popular em algumas religiões é idolátrica, pela inserção de um nome de ídolo, além de corrupção da forma original. A expressão correta hebraica é UL SHUAODDAY, que significa "O Criador é Suficiente Para Prover Salvação". Muitos ouvem essas expressões e as repetem, sem se preocuparem com seus reais significados e origem. 

YEHOVAH ou JEOVÁ - O real significado dessa palavra, em hebraico, é "destruição", e é óbvio, corresponde a um ser espiritual maligno de destruição. Aqui este impostor passa a ocupar o lugar do verdadeiro UL’HIM nas páginas das Escrituras traduzidas (diga-se paganizadas), valendo-se do fato já estudado do uso errado dos massoréticos, com o objetivo de ocultar a pronúncia do Nome. Já vimos isso na parte inicial deste estudo. Esta forma decorre apenas da concatenação do Tetragrama (quatro consoantes que compõem o Nome do ETERNO) com os sinais massoréticos (vogais) da palavra "adonay". 

YAHWEH - Esta forma nada mais é do que a concatenação do Tetragrama com as vogais (massoréticos) da expressão "ha'shem". Aqui nota-se a presença do ídolo "shemiramis". Alguns tentam explicar este falso nome recorrendo ao verso 14 de Êxodo 3 nas Escrituras adulteradas em prol da trindade, a exemplo das Almeidas que diz: "Eu Sou o Que Sou"... Nas unitarianas o texto diz (o Criador diz de Seu Pai): AQUELE QUE É O QUE É. Como o Nome do Criador, YAOHUH foi removido do verso 15 nestas trinitarianas, muitos passam a interpretar erroneamente que esta expressão seria o Nome do Criador, quando, de fato, à luz da correta leitura e interpretação, o Criador está apenas apresentando o mais importante atributo de Seu PAI, antes de apresentar o Nome, no verso seguinte, o verso 15. Você não encontrará o Nome do ETERNO em Ex 3:15 a menos que procure numa Bíblia Hebraica e consiga perceber o engano ao qual os “tradutores” têm submetido você até o dia de hoje. Repito: "AQUELE QUE É O QUE É" é um atributo do ETERNO. YAOHUH é o Seu Nome; intraduzível (apenas passível de transliteração)! São coisas diferentes...

DEUS - Este título é o mais usado de todos, sem dúvida; contudo, poucos se preocupam com seu significado ou origem, sendo assim enganados e iludidos pelo ser espiritual maligno que se coloca como impostor para usufruir indevidamente daquilo que pertence somente ao verdadeiro ETERNO, YAOHUH. Esta palavra na língua portuguesa é proveniente diretamente do ídolo "Zeus", da mitologia pagã grega. Os linguístas afirmam que é das evidências mais rudimentares a origem desta palavra em "Zeus", sendo "Zeus", "Théos" e "Deus", foneticamente, uma única palavra e um único nome de um ser maligno. As três começam com consoantes de mesma forma fonética, são seguidas de ditongos idênticos e terminam pela mesma letra. Em termos espirituais, invocar "Deus" é o mesmo que invocar "Zeus", porque a forma com que é escrito pouco importa, quando o que importa é o que pronunciamos com os nossos lábios. Lembre-se sempre de que nomes é um conjunto de sons ou fonemas, e não um conjunto de letras escritas! A forma original UL ou ULHIM foi traduzida por esta palavra "Deus", em todas as suas ocorrências isoladas (quando não compostas com nomes que, nestes casos, foram substituídas por EL), introduzindo assim, dissimuladamente, o ídolo "Zeus", como impostor do verdadeiro Criador YAOHUH.

GOD - Em inglês, um outro ser espiritual entrou como impostor. A palavra GOD, em inglês, nada mais é do que a presença do impostor, o ídolo "caveira". Sua origem é de GOT, do nome relatado nas escrituras como "Gólgota". Gólgota, em hebraico, é "Gol-got-ha", ou, como as próprias escrituras relatam "o lugar da caveira". Desta palavra "got" é que se originou a palavra "GOD" em inglês, também muito popular para os que a pronunciam, sem nem ao menos terem a menor noção do que estão invocando sobre si mesmos, sobre suas famílias e sobre seus amigos. 

"E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro Nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos." Atos: 4:12

 

A pergunta mais comum que ouvimos quando compartilhamos a importância da Verdade sobre o Nome é:

• Não saberá YAOHUH a QUEM eu dirijo a palavra?

• Porque importa como O chamo, se ÊLE me responde da mesma maneira?

Creio que isso é verdade. YAOHUH responde à oração e aceita o orações dos que não têm conhecimento do SEU NOME VERDADEIRO, até que a esse chegue o conhecimento do SEU NOME.

Mas,  que acontece com os que tomam conhecimento do Seu Nome; sabem, mas não se importam? Releia nossas observações acima sobre Mt 7:21-23...

Portanto, se nós esquecemos (ou ignoramos) o NOME do nosso TODO PODEROSO, estendemos as nossas mãos para um ídolo estranho. “Porventura não conhecerá YAOHUH, TODO PODEROSO isso? Pois ÊLE sabe os segredos do coração”. Sl 44:20, 21.

Que espera YAOHUH realmente de nós a respeito deste assunto? Continuar a chamá-LO de qualquer maneira que queiramos? Ou chamá-LO pelo NOME que designou para SI MESMO?

Não há nada de mau se chamarmos a YAOHUH de PAI, ALTÍSSIMO, ETERNO, etc. porque são bons títulos...

Porem, imagino eu, YAOHUH NÃO ACEITARIA MUDAR O SEU NOME DE YAOHUH PARA “Senhor”. Não existe nada nas Escrituras que abone isto.

O que é extremamente profético é o que YAOHUH declarou a Yarmi’yah, quando entendemos que a palavra “BAAL” significa “Senhor”.

“Até quando sucederá isso no coração dos profetas que profetizam mentiras, e que são só profetas do engano do seu próprio coração? Os quais cuidam que farão que o meu povo se esqueça do MEU NOME pelos seus sonhos que cada um conta ao seu companheiro, assim como seus pais se esqueceram do MEU NOME por causa de BAAL”- Jr 23:26,27.

Considere também o que YAOHUH declarou a Hosh’yah:

“E acontecerá naquele dia, diz UL, que me chamarás: Meu אישׁ (YSH – Homem); e não ME chamarás mais: Meu Baal. (meu senhor). “E da sua boca tirarei os nomes de baalim, e os seus nomes não virão mais em memória”. Os 2:16, 17.

Note que o povo de Israel, por ter-se corrompido (paganizado) ], passou a chamar o Eterno de Baal.  O Eterno sabia que se referiam a ele, mas não quis que fosse assim... Mas você insiste em chamá-Lo de SENHOR, com todas em maiúsculas para dar ênfase!

O estranho é que os editores nunca substituem o nome “Baal” por “Senhor”, o que seria o correto, e por isso, esse nome “Baal” ainda vive.

Mantém BAAL; enquanto que o NOME DE YAOHUH se falsifica substituindo-O 6.823 vezes nas Escrituras!

Mas se fizerem isto – tirar o nome Baal – traduzindo-o, ocorrerá uma fato (impasse) que os tradutores teriam que resolver; leia: “Então Uli’yah se chegou a todo o povo, e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se YAOHUH É o TODO PODEROSO, segui-O; e se é BAAL,  segui-o. Porém o povo não nada lhe respondeu” - I Reis 18:21.

Se Baal fosse traduzido, como seria o certo, ateríamos o seguinte: Se o “Senhor” é Deus, segui-O; e se é o “Senhor”, segui-o... Percebeu a incoerência que ficaria?

Significados:

ADONAI (ref a Adônis, o ídolo dos sumérios): Senhor, Soberano

BAAL (ref. Ao ídolo assírio): Senhor, Marido, Amo, Mestre

 

- A Verdade é que muitas vezes vemos, nas Escrituras, o Seu POVO invocando o Seu Verdadeiro NOME:

·         As pessoas durante o tempo de Adan invocaram o Nome de YAOHUH: Mais tarde Khav’yah teve outro filho a quem chamou Soth. Soth foi pai de Enosh. E foi a partir de então, durante a vida deste, que se começou a invocar o Shuam (Nome) YAOHUH. Gn 4:25, 26.

·         ABRUL’HAN invocou O NOME DE YAOHUH: “E moveu-se dali para a montanha à banda do Oriente de Betel e armou a sua tenda, tendo Betel ao Ocidente, e AI ao Oriente: e edificou ali um altar a UL’HIM, E INVOCOU O NOME DE YAOHUH”.  Gn 12:7, 8.

·         MEHU’SHUA conheceu o Nome YAOHUH: “Sim, diz-lhes: YAOHUH, o UL’HIM dos nossos antepassados Abrul’han, Yatzkh'aq e Yah'kof mandou-me ter convosco. Porque este é o Shuam (Nome) Eterno, a ser lembrado através de todas as gerações”. Ex 3:15.

·         DAVID INVOCOU O NOME DE YAOHUH: “Tomarei o cálice da SALVAÇÃO, e INVOCAREI O NOME DE YAOHUH”. Sl 116:13. “Oferecer-TE-ei sacrifícios de louvor, e INVOCAREI O NOME DE YAOHUH”. Sl 116:17.

·         ULI’YAH, o profeta, invocou o NOME DE YAOHUH: “Então invocai o nome do vosso ídolo, e eu INVOCAREI O NOME DE YAOHUH: e há de ser que quem responder por fogo, esse será YAOHUH-EYLOHIM. E todo o povo respondeu, e disseram: É boa esta palavra'”. I Rs 18:24.

·         YAOHUSHUA, HOL’MEHUSHKYAH, invocou o NOME DE YAOHUH: “OH! PAI JUSTO, o Mundo não TE conheceu; mas EU TE conheci, e estes conheceram que TU Me enviaste a MIM. “E EU lhes fiz conhecer O TEU NOME, e lho farei conhecer mais; para que O AMOR com que me tens amado esteja neles, e EU neles esteja”. Jo 17:25, 26.

“PORTANTO O MEU POVO SABERÁ O MEU NOME, POR ESTA CAUSA, NAQUELE DIA: PORQUE EU MESMO SOU O QUE DIGO: ‘EIS-ME AQUI'”. Is 52:6.

 

Que mais necessitamos?

O Povo de YAOHUH estará INVOCANDO O SEU NOME neste tempo?

“Ó espada, ergue-te contra o meu Pastor e contra o varão que é o meu companheiro. Diz o Criador dos Exércitos: fere o Pastor e espalhar-se-ão as ovelhas; mas Eu enviarei a minha mão para os pequenos. “E acontecerá em toda a Terra, diz o CRIADOR, que as duas partes dela serão extirpadas, e expirarão; mas a terceira parte restará nela. “E farei passar esta terceira parte pelo fogo e a purificarei, como se purifica a prata, e a provarei, como se prova o ouro: ela INVOCARÁ O MEU NOME, E EU a ouvirei; direi: É MEU POVO, e ela dirá: YAOHUH É O MEU UL’HIM”. Zc 13:7, 8, 9.

Aqui está outra ESCRITURA profética revelando que O SEU POVO USA O SEU NOME: “E olhei, e eis que estava O CORDEIRO sobre o Monte de SIÃO, e com ÊLE cento e quarenta e quatro mil, que em suas testas tinham escrito O NOME DÊLE E O DE SEU PAI”. Ap 14:1. Que Nome? Certamente que ‘jesus’ não é, pois, Ele sendo judaico, tem um Nome judaico, não é? Jo 4:22.

Até agora nada pedistes em meu Nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo seja completo. Jo 16:24 – Dádivas em plenitude; jamais em migalhas como tem sido até agora!

É muito evidente que O POVO DE YAOHUSHUA SABE E INVOCA O SEU NOME. Alguns dizem que estas ESCRITURAS que falam do SEU NOME, não falam verdadeira e literalmente do NOME falado e escrito de YAOHUH e de YAOHU’SHUA, senão dos SEUS CARÁTERS E DE SUAS REPUTAÇÕES [então Nomes não são literais?]....

Um estudo simples do significado da palavra “SHEM”, que se traduz “NOME” nas nossas Bíblias em português revelará que esta palavra, na língua portuguesa, não só significa um “caráter”, senão que significa também literalmente um nome escrito e falado.

Se lhe digo que venho em nome da paz, então estou dizendo para você que quero caracterizar-me como oferecendo a paz.

Estas coisas, realmente, são verdades. No entanto, se lhe disser que o meu nome é Manuel, então não estarei dizendo a verdade. Deveria ter no mínimo a palavra Shuaoleym (paz) em parte do meu nome...

Aqui está um exemplo claro de uma falsificação:

“EU SOU YAOHUH: este é O MEU NOME; a minha glória, pois a outrem não darei, nem o MEU LOUVOR a imagens de escultura”. Is 42:8.

Porem, nas Escrituras paganizadas (trinitarianas), lê-se:

“Eu Sou o Senhor, esse é o Meu Nome”... Desde quando SENHOR virou Nome???

A segunda passagem, simplesmente, não é a verdadeira! E não é um erro simples dos tradutores. É exatamente com um propósito: É contra AS ESCRITURAS, ou seja, a Verdade! A maioria dos Prefácios das traduções da BÍBLIA citará a familiaridade e a tradição como razão para as versões dos editores. Isto é claramente contra o que YAOHUH nos tem dito que façamos nas ESCRITURAS.

Se dissermos ‘HALELU-YAH’, podemos saber o que realmente significa! HALELU-YAH significa “LOUVEMOS A YAH” – o CRIADOR.

Quando terminamos uma oração em NOME DE YAOHUSHUA, podemos saber o que significa realmente (YAOHUSHUA significa “YAOHUH É SALVAÇÃO”). Quando dirigimos a palavra a YAOHUH, está referenciada por um NOME PESSOAL. Se proclamamos YAOHUH, ficamos sabendo que anunciamos o SEU NOME, assim como todos têm feito nas ESCRITURAS.

MEHU’SHUA DISSE ASSIM: “Inclinai os ouvidos, ó Céus, e falarei; e ouça a Terra as palavras da minha boca: Goteja a minha doutrina como a chuva, destile o meu dito como o orvalho, como chuvisco sobre a relva... Porque apregoarei O NOME DE YAOHUH: dai grandeza ao nosso UL’HIM”. Dt 32:1-3.

CREMOS QUE TUDO SE BASEIA NUMA ESCOLHA: ESCOLHER AS DESCULPAS DOS HOMENS OU A PALAVRA DE YAOHUH, TODO PODEROSO.

Vejamos o que Mik’yah escreveu, sob inspiração Celestial: PORQUE TODOS OS POVOS ANDARÃO CADA UM EM NOME DO SEU ÍDOLO; MAS NÓS ANDAREMOS NO NOME DE YAOHUH,  NOSSO TODO PODEROSO, ETERNAMENTE E PARA SEMPRE. Mq 4:5.

O Nome de nosso UL’HIM é  יהוה, o qual  é pronunciado IAURRÚ, ou transliterado: YAOHUH. Como seu Nome é Único, só deve haver uma ÚNICA pronúncia em toda a Terra. Porém, pelo erro de homens, ainda existem vários nomes não inspirados com diferentes pronúncias: [Jeová, Javé, Iahweh, etc]. Mas, as Escrituras garantem que será um ÚNICO NOME:

 יהוה será Rei sobre toda a terra; naquele dia UM será  יהוה, e UM será o seu Nome. Zc 14:9

REFLITA:

• UL’HIM, não habita em templos feitos por mãos de homens; At 17:24

• Vós  sois o templo de UL’HIM. O Espírito de UL’HIM habita em vós.  I Co 3:16 [Viver neste Espírito]

• Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada. Jo 14:23 [ O PAI e o Filho]

• Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que o Cristo está em vós?  II Co 13:5

• ....  até que Cristo seja formado em vós; Gl 4:19

• A quem vencer, eu o farei coluna no templo do meu UL’HIM, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu UL’HIM, e o nome da cidade do meu UL’HIM, a nova Jerusalém (B’rith Yah’shua-oleym), que desce do céu, do meu UL’HIM, e também o meu novo Nome. Ap 3:12

OBSERVE: Yaohushua tem um UL’HIM (a trindade nega): Disse-lhe Yaohu’shua: Deixa de me tocar, porque ainda não subi ao Pai; mas vai a meus irmãos e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu UL e vosso UL’HIM.

Seja sincero... Toda esperança na mentira é vã. Remova de seu ser toda a areia e firme-se na Rocha, Yaohu’shua! Somente a Verdade liberta o Homem... Jo 8:32

Finalizando este breve estudo, gostaríamos de enfatizar que cremos nas Escrituras Sagradas em sua totalidade. No passado, repetíamos o que nos ensinaram e nosso louvor era aos nomes errados (corrompidos), mas assim que crescemos [ingerimos alimentos sólidos] e tivemos conhecimento dos Verdadeiros Nomes, deixamos disso por amor à Verdade. Hoje com muito respeito, sempre que possível, passamos a falar do Nome às pessoas que ainda não O conhecem. Esperamos que tenhamos ajudado, e rogamos que o Pai Eterno te fortaleça no Amor e na Verdade, pois só a Verdade liberta o homem!

Então os que temeram e amaram YAOHUH falaram dEle, uns aos outros. E num livro de memorial, diante de UL, foram registrados os nomes dos que o temem e centram nEle o seu pensamento.

Ml 3:16.

AMNAO!!!

VOLTAR

FINALMENTE!

CTA: Curso de Teologia Aplicada

   SAIBA MAIS...

Agora com Novos Cursos

 

Preencha o Formulário abaixo para solicitar um estudo sobre um tema específico ou dar a sua opinião sobre este estudo... Não fique com dúvidas!!!

ATENÇÃO: Verifique se o seu  email está certo; pois não teremos como responder [veja em sua caixa de email, a resposta]!

CONTATOS [015]

9 9191-8612

(CLARO)

 

9 9781-0294 

(VIVO)

9 8121-3482

(TIM)

 

falecom@cyocaminho.com

Horário de atendimento: 9:00/19:00hs -  Exceto das 17:00hs/sexta às 15:00hs/sábado [Reuniões do Shabbos] Horário de Brasília

 

 

DÚVIDAS

 
 

  foxyform

 

Pregue a Verdade; Presenteie uma ESN!!!

 A Verdadeira e única edição das Escrituras Sagradas segundo o Nome [ESN - EUC by CYC; Edição Unitariana Corrigida], totalmente sob a ótica de Jo 1:3 onde TUDO foi criado por Yaohushua, está disponível! Nesta edição, muitas passagens onde os judaicos [e trinitarianos] não identificam Yaohushua, Ele está claramente identificado... Além disto, TODOS os nomes de profetas, personagens e locais geográficos estão no Hebraico Arcaico, a língua original das Escrituras. Solicite o seu exemplar e livre-se do paganismo que impera nas bíblias trinitarianas!

Veja mais informações, modelos; e, solicite a sua sem Cartão de Crédito!

Com Cartão de Credito - Clic Aqui!

ADOTE ESTA ESCRITURA EM SUA CONGREGAÇÃO

 

CONHEÇA NOSSOS HINÁRIOS: ADVENTUS & A HARPA YAOSHORUL'ITA

LANÇAMENTO: AGENDA 2018 - EVANGELIZE PRESENTEANDO UMA AGENDA QUE CONTÉM O NT COMPLETO [CLIC]

- Lições trimestrais: Juvenil & adultos -

Use Nossos Materiais Evangelísticos e Divulgue a Verdade

 CLIC AQUI  para fazer o seu pedido!

 

 

Temas DVs

HOME

CYC

CONGREGAÇÃO

YAOSHORUL'ITA

O CAMINHO